Novidade no caso Emiliano Sala: Autoridade Britânica de Aviação Civil - CAA indiciou um homem por violação da legislação de navegação aérea na investigação do acidente que levou a morte do jogador argentino e o piloto do avião, no último ano.

Com isso, o empresário - David Henderson deverá comparece ao tribunal de Cardiff - no País de Gales até o próximo dia 26; após já ter comparecido nos tribunais britânicos.

"A Autoridade Britânica de Aviação Civil apresentou acusações contra David Henderson por infrações relacionadas ao acidente fatal de uma aeronave leve no Canal da Mancha, em janeiro de 2019", declarou Richard Stephenson - diretor da CAA.

Lembre o caso

Em janeiro de 2019, mais precisamente no dia 21, o avião particular que levava o atleta de 28 anos e o piloto caiu no Canal da Mancha. O atacante que pertencia ao Nantes - da França, estava em direção ao País de Gales para assinar contrato com o Cardiff City, clube pelo qual havia fechado um acordo. O corpo do jogador fora encontrado na aeronave duas semanas após o acidente, a uma profundidade de 67 metros. Já o corpo do piloto não foi encontrado até hoje.