Temporada 2020/2021 de "LaLiga" inicia neste final de semana e marcará a despedida de Lionel Messi ou pelo menos é isso que indica; desta forma, também será os últimos meses da ideia da "Liga das Estrelas" - nomenclatura que o Campeonato Espanhol alcançou desde o início deste século, quando passou a contar com as principais estrelas do futebol mundial, bem como Lionel Messi, Cristiano Ronaldo e outros.

Lembramos que mesmo tendo concordado em "retornar" ao Barcelona para jogar a temporada que se iniciará em breve, Messi deixou bem claro que irá fazer as malas em junho de 2021 - quando seu contrato encerra com o clube catalão, sendo ele o único e verdadeiro astro de proporção global a participar do Campeonato Espanhol nos dias de hoje.

Atualmente não existe nenhum nome que atua no país campeão mundial de 2010 que possa ter por pequena que seja a chance, de ficar com o troféu de melhor do mundo neste ano; sendo pouco provável que algum deles consiga até mesmo um lugar ao pódio.

No entanto, a Espanha domina a eleição para a escolha do melhor jogador do Mundo pela FIFA - lembrando que o último jogador escolhido e que atuava fora do país foi Cristiano Ronaldo, quando esse ainda defendia as cores do Manchester United, em 2008. Deste modo, é que se deu a denominação de "Liga das Estrela" ao Campeonato Espanhol no fim do século passado, com o projeto "galático" do Real Madrid, que contava com jogadores como: Zidane, Luís Figo e Ronaldo.

Já nesta década, Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid) foram os símbolos máximos desta "história’. Porém, depois deles, tudo deu errado. Sim, os possíveis substitutos do argentino e do português nos referidos clubes, como Neymar - no Barcelona e Gareth Bale - no Real Madrid, até conseguiram bons momentos, mas não suportaram a responsabilidade e se apagaram diante dos dois astros.

Neymar saiu do Barcelona para deixar de ser à sombra de Messi, já Bale, viu Cristiano Ronaldo trocar os gramados espanhóis pelos italianos e mesmos assim não conseguiu ocupar a vaga de astro deixada pelo português, sucumbindo ao comando de Zinedine Zidane. Isso sem falar em outras investidas de Barcelona e Real Madrid que até hoje não vingaram - como Philippe Coutinho (Barcelona), Antoine Griezmann (Barcelona) e Eden Hazard (Real Madrid).

Obviamente que aqui não estamos dizendo que a LaLiga ou simplesmente o Campeonato Espanhol não tenha grandes jogadores, bem pelo contrário, existem nomes fortes disputando o torneio, como Sergio Ramos, Benzema e De Jong, mas nenhum deles faz parte daquele seleto grupo de estrelas candidatas a serem o melhor do mundo.

Talvez um dia João Felix, Ansu Fati, Rodrygo ou Vinícius Júnior consigam chegar a essa patamar, mas até lá, terão que carregar esse fardo pesado e justificar o apelido dado ao Campeonato Espanhol - "Liga das Estrelas".

A rodada de abertura da nova temporada que estava marcada para ocorrer nesta sexta-feira foi adiada para o sábado e com apenas sete jogos, uma vez que Barcelona, Real Madrid, Atlético de Madrid e Sevilla tiveram seus jogos adiados por conta de suas participações nas retas finais das competições continentais - Champions League e Europa League, no mês de agosto.

Sem transmissão confirma até esse momento para o Brasil, uma vez que o contrato com o Grupo Disney chegou ao fim e não fora renovado, a LaLiga retorna aos gramados para a abertura da temporada 2020/2021 tendo o Real Madrid como o campeão da temporada passada e o Barça querendo buscar de volta a hegemonia dos últimos anos perdida nesta última.

O brasileiro Vinícius Júnior é uma das jovens estrelas presentes no Campeonato Espanhol
O brasileiro Vinícius Júnior é uma das jovens estrelas presentes no Campeonato Espanhol

Confira abaixo os jogos da primeira rodada do Campeonato Espanhol - horário de Brasília

Sábado (12/09)

11h - Eibar x Celta de Vigo

13h30 - Granada x Athletic Bilbao

16h - Cádiz x Osasuna

Domingo (13/09)

9h - Alavés x Betis

11h - Valladolid x Real Sociedad

13h30 - Villarreal x Huesca

16h - Valencia x Levante

Jogos adiados: Atlético de Madrid x Sevilla, Barcelona x Eche e Real Madrid x Getafe.