Em um dos melhores jogos desde o retorno oficial do futebol após a pandemia do novo Coronavírus, PSG e Lyon travaram uma verdadeira batalha no Stade de France, em partida válida pela grande final da Copa da Liga Francesa. Depois de 120 minutos (90 no tempo normal + 30 da prorrogação), o PSG levou a melhor, e levantou a taça da competição.

Agora, ambas as equipes se preparam para a fase decisiva da Liga dos Campeões da Europa, que retorna no dia 7 de agosto. O PSG irá enfrentar a Atalanta, já na segunda semana do mês, pelas quartas de finais da competição, enquanto o Lyon ainda precisa definir seu duelo com a Juventus, pelas oitavas de final. A primeira partida, disputada em solo francês, terminou com vitória do Lyon por 1x0.

Escalações do jogo

O PSG foi escalado com: Navas; Kurzawa, Thiago Silva, Kimpembé e Bakker; Marquinhos, Verratti e Gueye; Di María, Neymar e Icardi.

O Lyon foi a campo com a seguinte escalação: Lopes; Denayer, Marcelo e Marçal; Bruno Guimarães, Dubois, Aouar, Caqueret e Cornet; Dembelé e Depay.

O jogo

No primeiro tempo, a partida se mostrou aquilo que era esperado: Domínio do PSG, e o Lyon esperando por um contra-ataque. Com 7 minutos, Neymar criou a primeira chance do jogo, e a bola passou muito perto da trave. Aos 36 minutos, o Lyon chegou ao ataque com perigo, e após escanteio, Cornet assustou a defesa do PSG. No mais, uma partida muito equilibrada e presa no meio-campo.

Na segunda etapa, o PSG continuou com as ações, e com mais posse de bola. Logo aos 3 minutos, Neymar novamente tentou, mas após cobrança de falta, a bola foi salva pelo goleiro Antony Lopes. Aos 36 minutos, o Lyon chegou com muito perigo ao ataque com Cornet novamente, que também em cobrança de falta, exigiu uma bela defesa de Navas. Aos 41 minutos, Neymar aproveitou cruzamento,e após cabeçada, parou na defesa de Lopes. Com o empate no tempo normal, o jogo foi para a prorrogação.

Neymar foi o destaque do PSG na final diante do Lyon. (Foto:REUTERS)
Neymar foi o destaque do PSG na final diante do Lyon. (Foto:REUTERS)

Prorrogação

Durante a prorrogação, a partida foi ainda mais lenta e cadenciada, tendo em vista o cansaço dos jogadores. O lance mais emocionante foi a expulsão de Rafael, que fez falta grave em Di María, perto da grande área. Na cobrança, Neymar chutou muito mal, e isolou.

Cobrança de pênaltis

Pelo lado do PSG, Di María, Verratti, Paredes, Herrera, Neymar e Sarabia marcaram.

Pelo lado do Lyon, Andersen, Ekambi, Caqueret, Thiago Mendes e Aouar fizeram. Traoré perdeu.

Fim de jogo, PSG campeão da Copa da Liga Francesa.