Sem estipular uma data certa para o retorno do futebol no Brasil, o secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia - Carlos Costa, disse em entrevista coletiva no início desta semana que os jogos de futebol poderão ser retomados "em breve" em nosso país.

Lembrando que já estamos a mais de um mês com as atividades esportivas suspensas no território nacional - a CBF suspendeu o futebol no dia 15 de março e ainda não estipulou uma data para o seu retorno.

De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol - a mesma ao ser procurado pelo "globoesporte.com" informou a esse meio de comunicação esportiva que está em contato frequente com o Ministério da Saúde e com as secretarias estaduais de saúde, realizando avaliações de quando será possível reiniciar o futebol em nosso país.

Carlos Costa - secretário geral do governo federal.
Carlos Costa - secretário geral do governo federal.

"Só retornaremos com o futebol no Brasil quando as condições forem propícias. E obviamente com portões fechados, porque nossa preocupação principal é com a saúde, seguindo os protocolos para preservar também a saúde dos jogadores e todos que estão envolvidos diretamente e indiretamente com o esporte", declarou o secretário.

No entanto, Carlos Costa acredita que o futebol, pode sim, retornar em breve.

"Não podemos aqui dar uma data, mas podemos dizer que será em breve, porque o povo brasileiro está em casa e quer assistir o seu jogo de futebol. Os campeonatos têm que continuar", finalizou.

De acordo com o cronograma da CBF e da Associação de Atletas Profissionais de Futebol, os jogadores deverão ter suas férias encerradas na próxima quarta-feira, no entanto, não está decidido se os clubes irão voltar as suas atividades - mesmo de forma gradual ou se ordenarão a esses atletas a permanência em isolamento social por mais um tempo.