Com a pandemia do "COVID-19" ainda atuando fortemente em alguns países da Europa, a UEFA comunicou nesta quarta-feira que não poderá neste momento dar um prazo correto para a conclusão da temporada 2019/2020.

Depois de uma videoconferência com as 55 confederações futebolísticas do "Velho Continente", a entidade não quis revelar possíveis planos para a retomada do futebol, porém, confirmou que adiou os jogos que seriam realizados em "Data FIFA", no mês de junho, indicando ainda, uma possível invasão no calendário da próxima temporada.

Presidente da UEFA.
Presidente da UEFA.

Em um comunicado oficial, a UEFA revelou que os jogos de seleções previstos para ocorrerem no mês de junho - entre eles os playoffs que definiriam os últimos participantes da EUROCOPA, serão adiados até nova ordem. Essas datas deverão ser possivelmente repassadas para o mês de setembro. Outra medida importante comunicada foi o adiamento do prazo da temporada 2020/2021, indicando que a conclusão da atual temporada poderá ultrapassar o prazo inicialmente determinado como: 30 de junho, resultando em um efeito conhecido como "efeito dominó".

Neste mesmo comunicado, a entidade máxima do futebol no "Velho Continente" informou que os prazos para admissão e registro de jogadores serão alterados, dando indícios reais de que a janela de transferências marcada para abrir na metade de junho deste ano, poderá ser empurrada para mais adiante, muito possivelmente para o mês de agosto.

De acordo com as últimas informações do jornal "AS" da Espanha, a UEFA pode pedir para as ligas europeias e para as associações dos clubes, que os torneios nacionais da próxima temporada sejam reduzidos, visto a falta de datas, o que poderá resultar em uma redução no número de times por Ligas. Aguardemos maiores informações!