Independiente e Flamengo fazem nesta noite o primeiro duelo da final da Sul-Americana

Flamengo e Independiente iniciam nesta quarta-feira, a caminhada ao título da Copa Sul-America e o primeiro confronto será na Argentina.

Por
Compartilhe

Já classificado para a fase de grupos da Copa Libertadores do próximo ano dentro do Campeonato Brasileiro, o Flamengo inicia nesta quarta-feira sua caminhada a conquista da Copa Sul-Americana e o primeiro passo será dado na Argentina, mais propriamente dito na região metropolitana de Buenos Aires, em Avellaneda, estádio do Independiente, seu adversário na final da competição.

Conhecido como “Rei de Copas” por ser o maior vitorioso da Copa Libertadores, o Independiente mete respeito ao Rubro-Negro, tanto que seu treinador, Reinaldo Rueda pede cautela nesta noite, para que o Flamengo possa voltar para o Rio de Janeiro com um placar favorável para a grande decisão, no Rio de Janeiro.

Flamengo aposta na união do grupo para vencer a competição.Flamengo aposta na união do grupo para vencer a competição.

“O Independiente é um time qualificado, que não chegou a esta final por acaso e sabe o que quer na competição. Eles estão acostumados a jogar esse tipo de competição e isso precisa servir de alerta para nós. Entretanto, existe uma confiança muito grande de minha parte, pois vejo o meu grupo focado no trabalho e apaixonado pelo fato de poder vestir a camisa do Flamengo. Estou confiante de que iremos ganhar, até porque precisamos conseguir nos impor na casa deles para evitar que as coisas acabem se definindo no primeiro jogo. Trata-se de um confronto de cento e oitenta minutos”, declarou Rueda.

Pelos lados argentinos, o time ganhou folga da “Associação do Futebol Argentino” na última rodada do campeonato nacional, mas o discurso não é muito diferente do que do lado brasileiro.

O Independiente - Rei de Copas vai em busca do Bi, da Sul-Americana.O Independiente - Rei de Copas vai em busca do Bi, da Sul-Americana.

“O Flamengo é um time perigoso. Pode jogar mal e nos ganhar em meia hora se as suas individualidades aparecerem. É o típico time brasileiro, com muitos talentos, principalmente do meio para frente. Precisaremos estar atentos para realizarmos um grande jogo”, disse Ariel Holan, treinador do Independiente.

Assim como na Copa Libertadores, na Sul-Americana não é diferente em relação aos gols marcados fora de casa, pois os mesmos valem o mesmo critério de desempate, ou seja, não são qualificados. Por exemplo, se um time vencer a primeira final por 1 a 0, na volta se o placar for o mesmo, só que para o time adversário, a partida irá para a prorrogação, caso a mesma termine empatada, a decisão irá para as cobranças de pênaltis.

Entre os dois times que estão na final da Copa Sul-Americana, o Flamengo jamais venceu a competição, diferentemente do time argentino, que conquistou a Copa em 2010, justamente em cima de um time brasileiro – na ocasião, o Goiás.

Comentários