Barcelona x Real Madrid na Argentina? Entenda

O diário "Olé" repercutiu uma "troca de favores", fazendo a mesma coisa que foi feita na final da Libertadores de 2018.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Em meio a polêmica envolvendo o mando de campo do clássico espanhol entre Barcelona e Real Madrid, que pode sair do Camp Nou devido à diversos protestos na Catalunha, a imprensa argentina, sobretudo o diário "Olé", repercutiu uma espécie de "troca de favores".

A realização no país do clássico entre Barcelona e Real Madrid, pelo Campeonato Espanhol, um ano após River Plate e Boca Juniors decidirem a Conmebol Libertadores no estádio Santiago Bernabéu foi a solução proposta pelo principal jornal argentino. Na Espanha, a liga que organiza a competição nacional e a comissão antiviolência no esporte do governo local pediram que a partida marcada para 26 de outubro não aconteça no estádio Camp Nou, mas sim na casa do clube da capital, com a inversão do mando de campo.

Clássico do dia 26 de outubro pode acontecer longe do Camp Nou. (Foto: Marca)Clássico do dia 26 de outubro pode acontecer longe do Camp Nou. (Foto: Marca)

No ano passado, o segundo jogo da final da Libertadores, que deveria ter acontecido no estádio Monumental de Núñez, foi transferido para o Bernabéu, depois que um grupo de torcedores do River lançou pedras e garrafas no ônibus que transportava a delegação do Boca, inclusive, ferindo jogadores.

Há dois dias, na Catalunha, manifestantes estão na rua por causa da decisão do Tribunal Supremo da Espanha de condenar nove líderes separatistas a penas de 9 a 13 anos de prisão. A sentença motivou uma onda de críticas políticas e deu origem aos atos, que por sua vez causaram bloqueios de ruas, estradas, e ferrovias. Grupos de separatistas também bloquearam na segunda-feira os acessos ao aeroporto de Barcelona, o que provocou o cancelamento de 155 voos até ontem, quando o terminal voltou a funcionar normalmente. Além disso, houve confrontos entre manifestantes e a polícia regional.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal