Marcelinho Carioca alerta Tite: "Renato está ali, só aguardando"

Para o ex-jogador, é necessário dar mais um tempo a Tite, mas afirma: “Ele está ali na boca, só aguardando”; fazendo claras referências a Renato Portaluppi, que pode vir a ser o sucessor de Tite no comando técnico da Seleção Brasileira.

Por Minha Torcida
Compartilhe

É, depois de quatro partidas sem vitórias, a vida de Tite a frente da Seleção Brasileira não anda nada fácil e um tropeço diante da Argentina no próximo mês, poderá custar caro para o treinador, que tem em sua sombra a visão de Renato Portaluppi "louquinho" para assumir o seu posto a frente do comando técnico do Brasil.

A má fase da seleção brasileira foi tema de uma entrevista de Marcelinho Carioca ao site "UOL Esporte", concedida nesta última terça-feira, onde o ex-craque do Corinthians diz que vê Tite mais como treinador do Timão, do que da própria Seleção Brasileira, afirmando ainda que Renato Portaluppi está "só no aguardo" para assumir o posto.

Marcelinho Carioca.
Marcelinho Carioca.

Sem meias palavras, Marcelinho ainda afirmou que atualmente faltam alguns traços de trabalho desempenhado por Tite quando esse ainda era treinador do "Timão" - entre os anos de 2010 a 2013. O ex-craque do Corinthians diz que o treinador não pode levar como desculpa a perca de peças importantes em sua comissão técnica a frente da queda de rendimento nas últimas partidas - que são nítidas para Marcelinho Carioca.

"Obviamente que ele perdeu Sylvinho e o Edu Gaspar, ficando meio sem chão, mas aquele Tite lá do Corinthians, aquele que a gente via pô, mudou muito", declarou Marcelinho, que ainda disse que a "seleção está mecanizada, robotizada e sem plasticidade".

Para o ex-jogador, é necessário dar mais um tempo a Tite, mas afirma: "Ele está ali na boca, só aguardando"; fazendo claras referências a Renato Portaluppi, que pode vir a ser o sucessor de Tite no comando técnico da Seleção Brasileira.

Para completar, Marcelinho Carioca comentou sobre a conquista da Copa América, mas destacou que a conquista veio sem espetáculo.

"Cara, ele insiste com determinadas situações. Ele é bom treinador, já mostrou toda a sua capacidade e inteligência, mas às vezes insiste em determinada situação que deixa o povo irritado. Eu acho que tem que ter paciência com ele, calma, mas o brasileiro não tem muita e começa a pressionar. Foi campeã da Copa América, ninguém é campeão por acaso, mas não é um jeito bonito, não espere a seleção dando espetáculo", finalizou.

Lembrando que a Seleção Brasileira fechará a temporada 2019 em novembro, diante da Seleção da Argentina, onde se a mesma não conseguir um bom resultado, o cargo de Tite poderá ficar a perigo.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal