Minha Torcida Logo

OPINIÃO: O VAR está desafiando o futebol brasileiro, e não está levando a melhor

Uso da tecnologia está levantando diversos questionamentos nesta temporada. Erro está sendo de quem utiliza as declarações como sua principal arma, mas talvez não estejamos prontos para tal avanço.

Por
Compartilhe

Foi muito comum na temporada passada, ouvirmos incessantemente que a tecnologia era obrigatória no nosso futebol. Erros básicos de arbitragem tumultuaram semana após semana a rotina dos clubes, com fortes declarações e até ameaças à honestidade das competições do futebol brasileiro.

Depois de tantos pedidos, o VAR chegou para tentar amenizar os ânimos de dirigentes exaltados, com o intuito de tornar o jogo mais justo, e proteger a arbitragem. Entretanto, o uso de tal tecnologia está indo rumo à banalização, e está interferindo de uma maneira inesperada, e tirando o poder de decisão de quem está dentro do campo.

Dirigentes responsáveis por denegrir a imagem do futebol brasileiro, colocando o próprio interesse acima do desenvolvimento do esporte, faz com que todos creiam que futebol se ganhe "no grito". São inúmeros os casos de que, enquanto prejudicados, são responsáveis por grandes confusões. Mas, o mais curioso, é que quando beneficiado, os mesmos rostos colocam a situação em segundo plano, utilizando o argumento de que " o ser humano também pode errar", para não entrar em polêmicas.

VAR está roubando a cena nesta temporada do futebol brasileiro.VAR está roubando a cena nesta temporada do futebol brasileiro.

A grande verdade é que o futebol brasileiro não está pronto para tal avanço. É muito provável que tal recurso seja extremamente questionado, graças à falta de preparo de quem o utiliza, e a falta de maturidade dos clubes, dirigentes e jogadores, para entender que o VAR está em uso a fim de tornar o jogo mais justo, e não para ser mais uma forma de questionamento, em caso de não beneficiar os mais escandalosos.

Até lá, iremos debater dia após dia, sobre o real avanço do esporte mais popular de nosso país. Neste caso, o problema não é a tecnologia, e sim quem está por trás disso, seja quem o utiliza, ou quem não tem seus próprios interesses atendidos.

Mais sobre: geral
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais