Renato Portaluppi comparece a curso de qualificação oferecido pela CBF a treinadores

Além de Renato Portaluppi, também estão presentes no curso treinadores renomados, como Tite, Mano Menezes e Dunga.

Por
Compartilhe

Diferentemente do que declaramos no dia de ontem (quando declaramos que o treinador gremista não poderia realizar o curso nesta turma), Renato Portaluppi pode no dia de hoje participar normalmente do curso técnico oferecido pela CBF, na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro.

Após ter faltado o primeiro dia do curso da “licença Pro”, oferecido pela CBF a treinadores mais qualificados, o técnico gremista que está de férias compareceu nesta quinta-feira, deixando assim de lado a praia do Rio de Janeiro e seu tradicional “futevôlei”.

Renato foi um dos convidados pela entidade máxima do futebol brasileiro a realizar o último nível do curso de treinadores – isso mesmo sem ter as demais licenças. Tudo devido ao que já conquistou em sua carreira.

Durante o intervalo do curso, Renato Portaluppi deu uma pequena declaração à imprensa presente, onde ele explicou sua ausência no primeiro dia, informando que já havia avisado a CBF que iria participar dos estudos.

Renato Portaluppi no curso da CBF, na Granja Comary. Foto: CBF.Renato Portaluppi no curso da CBF, na Granja Comary. Foto: CBF.

A aula é boa. Agora amanhã vocês vão me ver na praia novamente. Não tenho nada contra o curso, pelo contrário. Minhas férias são minhas férias. Eu trabalho o ano inteiro, eu vivo dentro de aviões, dentro de hotéis, para chegar nas minhas férias para curtir minha família, meu chope, meus amigos e tenho que ficar dez dias numa sala de aula? Não... Isso não vai dar certo”, brincou o técnico do Tricolor Gaúcho.

Aproveitando a oportunidade, os jornalistas presentes na Granja Comary questionaram Portaluppi quanto a sua permanência no Grêmio e sobre reforços para 2019.

“Todo ano você precisa de reforços, mas não é fácil. Quando você pensa num reforço para o Grêmio tudo é muito caro e tem outros clubes interessados nos mesmos jogadores. Mas a tendência é quase manter todo o elenco e ir atrás de reforços pontuais que possam fortalecer o time. Time grande, não só o Grêmio, quer um time forte para poder brigar pelos títulos, por esse motivo é que fiquei”, encerrou.

Além de Renato Portaluppi, também estão presentes no curso treinadores renomados, como Tite, Mano Menezes e Dunga.

 

Comentários