FIFA estuda limitar o número de empréstimo de jogadores entre os clubes

Além desta medida, a FIFA também quer reinstaurar exames de licenças para os agentes de futebol.

Por
Compartilhe

A entidade máxima do futebol mundial, também conhecida por FIFA, estuda limitar número de jogadores emprestado por clubes. De acordo com a ideia, cada equipe poderá emprestar apenas oito jogadores por temporada.

Além desta medida, a FIFA também quer reinstaurar exames de licenças para os agentes de futebol. A ideia primeira da entidade, no caso de empréstimos de atletas, é para que as pequenas equipes tenham mais chances de igualdade.

Em abril deste ano, a imprensa internacional já havia noticiado que a FIFA estaria disposta a acabar com os “empréstimos” de jogadores ainda neste ano, porém, a mesma parece ter mudado um pouco os rumos de sua ideia inicial. A entidade máxima do futebol acredita que o motivo de cessão de jogadores mudou completamente, visto que muitas das vezes envolve pagamento, o que para a FIFA é visto como algo prejudicial ao esporte, funcionando apenas como uma espécie de vitrine e não para oportunizar as equipes menores uma possibilidade de igualdade ou até mesmo para que esses jogadores que não são aproveitados em seus clubes tenham a chance de melhorar seus desempenhos e posteriormente voltar a vestir a camisa de origem.

Sede da FIFA em Zurique, na Suíça.Sede da FIFA em Zurique, na Suíça.

Agora resta saber o que as equipes acham dessa nova ideia da FIFA, tantos clubes maiores como os menores, que mesmo sendo considerados uma espécie de “vitrines”; vêem nessa modalidade a oportunidade de reforçar seus elencos, mesmo que por algum tempo – mas claro que também entra o lado financeiro, que por outra via, as vezes impede esses mesmos de poder buscar um reforço que não está sendo aproveitado em outra equipe.

A informação é da Agência France Press.

 

Mais sobre:
Comentários