Bordeaux anuncia a chegada de Ricardo Gomes na função de gerente geral

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que Ricardo Gomes atua no clube francês. Ele já trabalhou no Bordeaux entre os anos de 2005 a 2007 na função de treinador da equipe principal.

Por
Compartilhe

Após comunicar o seu desligamento do Santos, Ricardo Gomes é oficializado como gerente geral no Bordeaux, da França. Depois de quase três meses a frente desta função no clube brasileiro, Ricardo Gomes deixa o Peixe para atuar no clube francês.

A divulgação de sua contratação por parte do Bordeaux foi feita nesta manhã de quarta-feira. Além do anúncio da chegada de Ricardo Gomes ao clube, a direção também anunciou que Éric Bedouet assume de forma definitiva o cargo de treinador do clube – ele vinha comandando a equipe de forma interina.

Sem alardes, o Santos ainda não se pronunciou quanto a saída do dirigente. Ricardo Gomes não é o primeiro neste ano a deixar o cargo – além dele, Gustavo Vieira de Oliveira e William Machado deixaram a mesma função. O primeiro foi demitido, já o segundo pediu para sair.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que Ricardo Gomes atua no clube francês. O ex-zagueiro já trabalhou no Bordeaux entre os anos de 2005 a 2007 na função de treinador da equipe principal.

Ricardo Gomes - gerente do Bordeaux, da França.Ricardo Gomes - gerente do Bordeaux, da França.

De acordo com o jornal francês “L’Équipe”, o Santos exigiu uma quantia de 200 mil euros para liberar o brasileiro ao time francês, que a principio não pensava em arcar com alguns custos. Ricardo Gomes primeiramente era para atuar na função de treinador, mas a “Ligue 1” não permitiu que ele assumisse o cargo, uma vez que ele não possui licença para trabalhar nesta função dentro da França.

Em entrevista na última semana, Ricardo Gomes havia sido perguntado sobre a possibilidade de deixar o Peixe para assumir o mesmo cargo no time francês, onde ele declarou o seguinte:

“Trabalhei dois anos como técnico por lá, falo direto, mas independentemente da proposta, somos amigos. Falo com Éric Bedouet quase que diariamente, mas esquece”, declarou ele em entrevista coletiva.

Comentários