Alejandro Dominguéz é reeleito presidente da Conmebol

Além do presidente e dos vice-presidentes da entidade máxima do futebol sul-americano, também foram escolhidos os representantes da Conmebol no “Conselho da FIFA”.

Por
Compartilhe

Na manhã desta sexta-feira, em Luque, no Paraguai, Alejandro Domínguez foi reeleito o presidente da Conmebol por unanimidade. Com 46 anos, o paraguaio seguirá no comando da entidade máxima do futebol sul-americano após ter sido o único candidato na eleição para presidente da Conmebol durante o 69º Congresso Ordinário, realizado no Centro de Convenções, na sede da Confederação, no país vizinho ao Brasil. A “eleição” contou com a presença do presidente da FIFA, Gianni Infantino.

Alejandro Dominguéz  - candidato único reeleito a presidência da entidade máxima do futebol sul-americano por unanimidade.Alejandro Dominguéz  - candidato único reeleito a presidência da entidade máxima do futebol sul-americano por unanimidade.

Além de Domínguez que foi “reeleito” presidente da Conmebol com 10 votos das federações sul-americanas, também foram escolhidos os três vice-presidentes da entidade máxima do futebol na América do Sul; para as vagas, foram escolhidos os nomes de Lauerano Gonzáles – Venezuela, Claudio Tapia – Argentina e Arturo Salah – Chile - preencherão as cadeiras.

Além do presidente e dos vice-presidentes da entidade máxima do futebol sul-americano, também foram escolhidos os representantes da Conmebol no “Conselho da FIFA”, que representarão a America do Sul nas reuniões e congressos; os nomes são os seguintes: Fernando Sarney – Brasil, Ramón Jesurún – Colômbia, Wilmar Valdez – Uruguai e María Sol Muñoz – Equador.

Após a eleição e a contagem dos votos, o presidente reeleito da Conmebol – Alejandro Domínguez posou ao lado do presidente da FIFA – Gianni Infantino para formalizar o “ato”.

Gianni Infantino - presidente da Fifa (esquerda) e Alejandro Domínguez - presidente reeleito da Conmebol (direita).Gianni Infantino - presidente da Fifa (esquerda) e Alejandro Domínguez - presidente reeleito da Conmebol (direita).

Comentários