“Tem muita coisa para evoluir”; Ronaldo crítica base do Flamengo

Em entrevista ao podcast “Mano a Mano”, Ronaldo Fenômeno criticou a base do Flamengo quanto ao desenvolvimento de Vinicius Júnior, que hoje atua no Real Madrid. O ex-jogador analisou a chegada do atacante no clube espanhol, onde o jovem não tinha muito domínio sobre a perna esquerda. Ainda, enfatizou o fato de ter jogado em um dos grandes clubes do Brasil, mas não ter tido o preparou adequado para jogar na Europa.

Ronaldo, jogou em clubes europeus de elite, como o próprio Real Madrid, Barcelona, Inter de Milão e Milan. Aposentado desde 2011, o pentacampeão brasileiro, se tornou o sócio majoritário do Cruzeiro em 2021, onde gastou em média 400 milhões de reais. Desde então, tem trabalhado na reestrutura interna do clube e no elenco de jogadores, o que fez o Raposa ganhar a Série B da temporada passada e retornar a elite do futebol brasileiro.

Veja também

+NÃO FOI SÓ CONTRA SENEGAL! Reveja outros gols combinados entre Lucas Paquetá e Vini Jr, mas pelo Flamengo
+“Raio Negro”: Vini Jr vira símbolo na luta contra o racismo; conheça sua trajetória
+VINI JR NO VASCO? Casimiro faz proposta inusitada para craque do Real Madrid

Para Ronaldo, o futebol brasileiro precisa evoluir

A comparação feita por Ronaldo, foi uma crítica não diretamente para o Flamengo, mas para o futebol brasileiro, que tem mostrado cada vez mais um despreparo na formação de jovens atletas para o mercado da bola.

A prova viva é Vini Júnior, que ao chegar em Madrid, levou um tempo para se adequar ao time e na sua evolução do futebol. Mostrando assim, a diferença do nível que o futebol europeu tem com em comparação ao esporte no Brasil.

O atacante não tinha total controle da posse de bola com a perna esquerda e suas finalizações não eram precisas. Hoje, Vini é o principal rosto da equipe de Carlo Ancelotti, que conquistou a Champions League de 2021/2022, com um gol do brasileiro. 

“Hoje é o jogador mais decisivo do futebol mundial, sendo que chegou lá no Real Madrid e não conseguia controlar com a perna esquerda. Pô, jogou no Flamengo, não é possível, mas não prepararam ele na base. Não melhoraram a perna esquerda dele, os fundamentos técnicos, o tempo e espaço dentro de campo. Só melhorou lá fora. Então tem muita coisa para evoluir no futebol brasileiro, a partir da base, de qualidade de treinadores, de metodologia de trabalho. Já temos 5 anos dessa história acontecendo, mas completando 10 anos, vai dar uma reformulada no cenário atual. Os clubes que não pegarem esses profissionais vão ficar para trás.”

A evolução de Vini Jr.

No último ano pelo Flamengo, em 2018, Vini Jr. jogou 32 partidas tendo participações em gols em 14 oportunidades. Foram, 10 gols e quatro assistências, levando 162 minutos para participar de um lance que rendesse um tento ao Rubro Negro. 

Pelo Real Madrid, na última temporada de 2022/23, o jogador brasileiro, esteve presente em 55 partidas, com 42 participações em gols, levando em média 113 minutos para cada lance. 

Em comparação com sua última temporada pelo Flamengo e a última com o clube espanhol, Vini Jr mostrou uma evolução nas participações em gols e ainda, seus passes decisivos melhoraram. Ou seja, desde a chegada do camisa 7 no Real, evoluiu sua forma de analise das jogadas, diminuindo seus chutes a gol, mas elevou nas distribuições de oportunidades para seus colegas de equipe.

  

"Tem muita coisa para evoluir"; Ronaldo crítica base do Flamengo

Carolina Castro Carolina Castro

Tenho 25 anos e sou formada em jornalismo. Desde criança desenvolvi o gosto por esporte e por isso escolhi ser jornalista. Foi a profissão que me deixou mais próxima daquilo que mais amo: falar e escrever sobre esporte.