Sendo uma das maiores potências do esporte paralímpico mundial, o Brasil tem a expectativa de terminar no top-10 do quadro de medalhas das Paralimpíadas de Tóquio 2020. E, mais do que o fato de estar disputando as mais diversas modalidades com os melhores atletas do mundo, vencer nas Paralimpíadas também pode ser importante na questão financeira.

Isso porque o CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro) definiu, ainda antes do início do evento, a premiação que será paga aos atletas conforme o seu desempenho. A premiação divide os valores entre as modalidades individuais e coletivas, de acordo com a posição no pódio.

Valor por medalha nas Paralimpíadas de Tóquio

O CPB anunciou, no dia 14 de agosto, como será feito o pagamento das premiações aos atletas nas Paralimpíadas. Assim como foi feito nas Olimpíadas, apenas os atletas que subirem ao pódio recebem a bonificação, que varia de R$ 16 mil até R$ 160 mil, de acordo com a modalidade.

Para as modalidades individuais, o prêmio será de R$ 160 mil para as medalhas de ouro, R$ 64 mil para a medalha de prata e R$ 32 mil para a medalha de bronze.

Já nas modalidades por equipes, de revezamento e de pares (como a bocha, por exemplo), a premiação por atleta será de R$ 80 mil para a medalha de ouro, R$ 32 mil para a medalha de prata e R$ 16 mil para a medalha de bronze.

(Foto:Reprodução)
(Foto:Reprodução)

Os demais integrantes das disputas, como atletas-guia, calheiros, pilotos e timoneiro, vão receber 20% da maior medalha conquistada por seu atleta e 10% a cada pódio a mais do valor da medalha seguinte.

Mizael Conrado, presidente do CPB, declarou aos atletas da delegação brasileira, o sentimento e a expectativa em relação a participação do país nos jogos paralímpicos:

"O esporte tem uma capacidade de resiliência que é inigualável. Esperamos ter muitas razões para celebrar logo depois do final dos Jogos Paralímpicos. Desejamos que os atletas possam buscar a realização de tudo aquilo que se prepararam ao longo desses cinco anos e que consigam a melhor participação da nossa história".