Sem dúvidas, participar de uma edição das Olimpíadas é o maior feito da carreira de qualquer esportista. Independente da modalidade, da idade ou do país, chegar nos jogos olímpicos, mesmo sem conquistar medalhas, é o ápice. Entretanto, não é apenas no quesito esportivo que as Olimpíadas são importantes; o quesito financeiro também ajuda.

Cada país, através de seus comitês, define como será a remuneração aos atletas que sobem ao pódio. E, dentro desta decisão, existem vários critérios. Dentre eles, estão a relevância do país, a possibilidade de conquista de medalhas, e a maneira como que os atletas serão remunerados, por exemplo.

Governo dará prêmio em R$ para atletas nas Olimpíadas de Tóquio

Elencando mais especificamente o caso dos atletas brasileiros envolvidos nas Olimpíadas de Tóquio, as premiações são pagas unicamente de acordo com a conquista de medalhas. Ainda longe de ser uma das maiores potências na maior parte das modalidades, o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) definiu este método de remuneração.

Ítalo Ferreira trouxe a primeira medalha de ouro para o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. (Foto:Arquivo)
Ítalo Ferreira trouxe a primeira medalha de ouro para o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio. (Foto:Arquivo)

Premiação em dinheiro por medalha

Sendo assim, os atletas são remunerados de acordo com o segmento do esporte. Os prêmios foram divididos em 3 grupos: Individuais, de Equipes com até 6 atletas, e de Equipe com mais de 7 atletas. Vamos aos valores:

INDIVIDUAIS

  • Ouro: R$ 250 mil
  • Prata: R$ 150 mil
  • Bronze: R$ 100 mil

EQUIPE - ATÉ 6 ATLETAS (o prêmio é dividido entre todos)

  • Ouro: R$ 500 mil
  • Prata: R$ 300 mil
  • Bronze: R$ 200 mil

EQUIPE - 7 OU + ATLETAS (o prêmio deve ser dividido entre todos)

  • Ouro: R$ 750 mil
  • Prata: R$ 450 mil
  • Bronze: R$ 300 mil

Na época do anúncio, o presidente do COB, Wanderley Teixeira, comentou sobre as remunerações em evento juntamente com os integrantes da delegação brasileira:

"Quero anunciar, em primeira mão, a decisão da diretoria do Comitê Olímpico do Brasil para homenagear e reconhecer o trabalho de vocês atletas, principais protagonistas do Movimento Olímpico. Com esta ação, o COB reconhece o esforço, o comprometimento e a disciplina colocados em prática para a conquista de uma medalha olímpica. Essa premiação é oriunda de recursos privados do COB e é fundamentada em um dos nossos pilares: a meritocracia. Desejo a todos um excelente trabalho e tenham em mente, em primeiro lugar, a saúde de vocês." disse.

Até o momento, o Brasil conseguiu 5 medalhas dentro das Olimpíadas, sendo 1 de ouro, 2 de prata e 2 de bronze. O Brasil ocupa apenas a 14ª posição do quadro de medalhas.