URGENTE! Luan se pronuncia pela primeira vez após ser agredido em motel por torcedores do Corinthians

O meia-atacante do Timão foi vítima de violência nesta terça-feira (4). Luan usou suas redes sociais para desabafar após o ocorrido

A terça-feira (4) ficou marcada por uma polêmica extracampo. Luan, do Corinthians, foi agredido por torcedores do Timão em um motel durante a madrugada.

O meia-atacante está em final de contrato no Parque São Jorge e não está nos planos da comissão técnica. Luan vinha treinando separado do restante do elenco até o término de seu vínculo, que vai até dezembro deste ano.

Considerado uma das piores negociações da história do Corinthians, Luan acabou sendo vítima de violência. Após o ocorrido, o meia-atacante se pronunciou pela primeira vez através de suas redes sociais.

A postagem de Luan

Tudo começou quando torcedores localizaram Luan em um motel na Barra Funda, zona oeste de São Paulo. Eles agrediram o meia-atacante do Corinthians na região das costelas. O jogador está bem.

O camisa 7 estava no local acompanhado de cinco amigos e quatro mulheres. O atleta não registrou boletim de ocorrência. O caso de violência contra o meia-atacante do Timão repercutiu dentro do futebol brasileiro.

Contratado em 2020 por R$ 28,9 milhões junto ao Grêmio, o meia-atacante não conseguiu repetir o mesmo futebol de quando foi eleito o Rei da América, na conquista da Libertadores de 2017.

Ao todo, foram 80 jogos pelo Corinthians, 11 gols e cinco assistências. Ele não entra em campo com a camisa do Timão desde o início de 2022. No final do ano passado, o meia-atacante chegou a atuar no Santos por empréstimo, mas também não vingou.

O salário de Luan está na casa dos R$ 800 mil. Em baixa no Parque São Jorge, ele ganhou os holofotes ao participar do podcast de Denilson Show. Durante a entrevista, o meia-atacante disse que tem vontade de retomar a carreira.

Vanderlei Luxemburgo chegou a ser perguntado sobre Luan em coletiva. Como resposta, o técnico do Corinthians disse que não escala o meia-atacante porque a torcida não quer.

Poucos dias depois, Luan foi agredido por torcedores em um motel. Através de seu Instagram, o meia-atacante se pronunciou pela primeira vez ao postar uma foto nos Stories.

Na imagem, é possível ver a bermuda de Luan ensaguentada. Como legenda, o meia-atacante do Timão escreveu “não é só futebol”. O Corinthians repudiou o episódio de violência contra o atleta por meio de uma nota oficial.

Matheus CristianiniMatheus Cristianini

Jornalista de 23 anos formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Passagens por Rádio Unesp FM, Antenados no Futebol e Bolavip Brasil. Apaixonado por tudo o que envolve o futebol. Tanto dentro, quanto fora das quatro linhas.