Ele disse isso mesmo: Galvão Bueno manda papo reto sobre Fernando Diniz na Seleção

O narrador deu sua opinião sincera sobre o novo técnico interino da Amarelinha. O trabalho de Fernando Diniz na Seleção já está dando o que falar

Tite ficou seis anos à frente da Seleção Brasileira. Em suas duas Copas do Mundo, a Amarelinha acabou sendo eliminada nas quartas de final. Em 2018 para a Bélgica e em 2022 para a Croácia.

Ao final do Mundial no Catar, o técnico entregou o cargo à CBF. De lá para cá, a entidade procurava por um substituto visando a Copa do Mundo de 2026. O escolhido foi Carlo Ancelotti.

Entretanto, o italiano vai cumprir seu contrato com o Real Madrid, cujo vínculo vai até junho de 2024. Em meio a esse cenário, a CBF contratou um treinador interino para comandar o Brasil até a chegada de Ancelotti.

Na última terça-feira (4), um nome foi oficializado: Fernando Diniz. Contudo, o nome do brasileiro dividiu opiniões entre os torcedores e a imprensa esportiva. Com isso em mente, um importante narrador se pronunciou.

Isso porque Galvão Bueno mandou o papo reto sobre Fernando Diniz na Seleção.

O que Galvão pensa sobre Fernando Diniz na Seleção?

Diniz vai conciliar o trabalho no Brasil com o do Fluminense, se apresentando à CBF nas datas Fifa para comandar a Amarelinha. A princípio, a entidade procurou o Tricolor para tratar da liberação.

O Fluminense, por sua vez, respondeu que isso só aconteceria mediante pagamento da multa rescisória. Após negociações, as partes chegaram a um acordo. Por conta disso, o Tricolor não será prejudicado em momentos chaves da temporada.

Vale lembrar que o Fluminense está na briga pelo Brasileirão e pela Libertadores. Carlo Ancelotti foi bancado na Seleção Brasileira a partir da Copa América de 2024. Contudo, ainda não é certo se Fernando Diniz vai integrar a comissão técnica do italiano.

Galvão deu sua opinião sincera sobre Fernando Diniz na Seleção. Para o narrador, o técnico do Fluminense não possui o mesmo estilo de jogo do Ancelotti. Ou seja, isso poderia prejudicar a transição de comando no Brasil:

“Fernando Diniz é um ótimo técnico! Mas é um erro da CBF! Como querem colocar um interino que pensa o futebol completamente diferente do técnico que assumiria daqui um ano? Não consigo entender!”.

Até o final de 2023, Diniz vai comandar a Seleção Brasileira em seis partidas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026. Em março do próximo ano, a Amarelinha terá dois amistosos internacionais.

Agora, resta saber se Fernando Diniz na Seleção vai ser um sucesso ou não.

Matheus CristianiniMatheus Cristianini

Jornalista de 23 anos formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Passagens por Rádio Unesp FM, Antenados no Futebol e Bolavip Brasil. Apaixonado por tudo o que envolve o futebol. Tanto dentro, quanto fora das quatro linhas.