Pirulito? Entenda o apelido inusitado de Fernando Diniz

Próximo de ser anunciado como o novo treinador interino da Seleção Brasileira de Futebol, Fernando Diniz vem fazendo uma campanha de destaque no Fluminense, clube em que está pela segunda vez. Porém, quando ainda era jogador, o atual treinador ganhou um apelido curioso, quando vestia a camisa de um grande clube paulista.

Origem do apelido curioso de Fernando Diniz

O ano era 2005 e Diniz vestia a camisa do Santos. Apesar de jogar apenas cinco vezes pelo Peixe, o então meio-campista ganhou fama por apelido bem curioso. Oswaldo de Oliveira, técnico consagrado, comandava a equipe santista na época. Por conta do seu 1,83, Fernando Diniz era chamado por Oswaldo, de pirulito. Ele esteve inclusive na derrota para a LDU, por 2 x 1, quando atuou como lateral.

Apesar de no final o clube ter se classificado em primeiro no grupo, acabou caindo nas quartas de finais, para o Athletico-PR. O clube paranaense chegou a decisão da Libertadores, onde foi derrotado pelo São Paulo, que posteriormente conquistaria o título mundial.

Diniz não emplacou no Santos

Próximo de uma aposentadoria do futebol, Fernando Diniz teve uma temporada bastante apagada pelo Santos, rodando depois por clubes menores como Paulista, Santo André, Juventus e Gama. Inclusive não chegou a marcar nenhum gol com a camisa do time paulista e não conquistou nenhum título.

Último jogo pelo clube

Com Serginho Chulapa no comando da equipe, o time acabou sendo derrotado para o Santo André, em casa por 3 x 2. Fernando Diniz entrou no decorrer da partida, no lugar de Luís Augusto, que tinha tomado amarelo. Após a chegada de Alexandre Gallo, não voltou a atuar mais pelo time paulista.

Apesar de ir para o Paulista no ano seguinte, não chegou a estar presente no jogo da equipe diante do River Plate, em que em casa, venceu os argentinos pela Libertadores, após conquistar a Copa do Brasil na temporada anterior. Hoje a equipe se encontra na quinta divisão do futebol paulista.

 

Otávio Silva Otávio Silva

Estudante de jornalismo com experiência em assessorias de imprensa e em portais de noticias. Apaixonado por escrever sobre esportes, mas com uma paixão ainda maior pelo futebol. Gaúcho de Porto Alegre e admirador do futebol raiz.