Felipe Melo avalia Fluminense: “Não é só técnica, aqui também é raça”

Nesta quarta-feira (20), na Serrinha, o Fluminense venceu, de virada, o Goiás. Decerto, a partida foi válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim sendo, a partida contou com duas viradas. O Tricolor até saiu na frente, mas sofreu a virada do Esmeraldino. Porém, já no fim, a equipe de Fernando Diniz conseguiu a vitória.

Entrevista de Felipe Melo

Sobretudo, um dos mais experientes do elenco, Felipe Melo disse que o Tricolor precisou de raça para vencer essa partida.

“As pessoas falam que o estilo Diniz é de posse de bola, né? Eu convido vocês um dia a ir lá assistir a um treino do Diniz e ver como a gente treina defender. Porque para um time que quer ser campeão o importante é não tomar gol. Hoje (ontem) tomamos alguns, mas demonstramos o poder de reação do Fluminense. Demonstramos que o Fluminense não é só um time que joga com bola no pé, tecnicamente. É um time que também sabe marcar, sabe lutar, e sobretudo não desiste nunca. Quando não é na técnica, quando cometemos um erro ou outro que acontece, e vai acontecer outras vezes, o que importa é o time de guerreiros. Correr atrás, não desistir.”

O volante, que entrou na segunda etapa, valorizou o placar na Serrinha e lembrou que o Goiás já tirou pontos lá de outros candidatos ao título:

“Se o Goiás tivesse jogado como jogou contra o Fluminense dificilmente teria perdido da forma que perdeu para o Atlético-GO em casa. Goiás hoje entrou para vencer. Eles tiraram pontos do Palmeiras aqui, do Athletico-PR, que também está brigando lá em cima na tabela.”

Próxima partida do Fluminense

Por fim, o Fluminense volta à campo neste domingo (24), às 16h (horário de Brasília), contra o RB Bragantino, no Maracanã.

Foto destaque: Divulgação/ Fluminense

Meu nome é Enzo Pires, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo. Desde que terminei a escola eu tinha certeza que meu futuro seria no esporte.