Depois de mais um GP emocionante na Itália, onde tivemos um acidente envolvendo os dois pilotos que disputam o campeonato, Max Verstappen e Lewis Hamilton buscam agora dar a volta por cima e tentar disparar na classificação.

A Fórmula 1 terá neste final de semana a 15ª etapa do calendário com o GP da Rússia no Circuito de Sochi. A corrida do domingo terá 53 voltas nos 5.800 metros da pista russa.

Os treinos livres começam na sexta e o grid será formado no sábado, às 9h. A corrida será no domingo; veja abaixo.

GP da Rússia de F1; fatos curiosos

Em 2020, Valteri Bottas venceu o GP, seguido por Max Verstappen e Lewis Hamilton, que completaram o pódio na ocasião.

Você sabia que apesar do circuito levar o nome de Sochi Autodrom, o mesmo não é disputado na cidade como o mesmo nome? Sim, a pista fica na cidade vizinha, chamada de Adler, que possui menos de 80 mil habitantes e que fica à beira do Mar Negro. Sochi fica distante 30 quilômetros do Autódromo que leva o mesmo nome.

Essa será a penúltima edição do GP da Rússia, uma vez que há um projeto de reforma do Parque Olímpico que diminuirá a pista para menos de 4.000 metros, ficando com isso curta demais para os padrões exigidos pela Fórmula 1.

Outro fato curioso é que desde seu primeiro GP, apenas dois pilotos conseguiram marcar pontos em todas as provas realizadas lá: Lewis Hamilton e Sergio Perez.

A classificação do Mundial de pilotos da F1 2021 está acirrada. Veja quem são os 10 primeiros:

  1. MAX VERSTAPPEN - Red Bull Racing - 226.5 pts
  2. LEWIS HAMILTON - Mercedes - 221.5 pts
  3. VALTTERI BOTTAS - Mercedes - 141 pts
  4. LANDO NORRIS - McLaren - 132 pts
  5. SERGIO PEREZ - Red Bull Racing - 118 pts
  6. CHARLES LECLERC - Ferrari - 104 pts
  7. CARLOS SAINZ - Ferrari - 97.5 pts
  8. DANIEL RICCIARDO - McLaren - 83 pts
  9. PIERRE GASLY - AlphaTauri - 66 pts
  10. FERNANDO ALONSO - Alpine - 50 pts

Pódio, horário e onde assistir ao GP da Rússia de F1

A pole-position para a corrida em Soschi ficou com Lando Norris - da McLaren - com o tempo de 1m41s993, seguido por Carlos Sainz - da Ferrari e George Russell - da Williams, que fecham o pódio.

Lewis Hamilton - da Mercedes vai larga na 4ª colocação e Max Verstappen - da RBR na última colocação (trocou o motor).

Domingo - 26 de setembro (horário de Brasília)

  • GP da Rússia (corrida) - 9h - Band e BandNewsFM

Do circuito

Como já destacamos acima, o Gp conta com aproximadamente 6 km de pista, tendo a terceira curva, como a mais técnica do circuito, com 180 graus para a esquerda, que permite o piloto atacá-la nas mais variadas linhas. A mesma leva quase 10 segundos para ser completada, vindo logo após de uma dos principais pontos de ultrapassagem da pista.

Com relação ao DRS, a pista de Sochi é uma das provas que mais se utiliza do sistema em todo o calendário, com duas zonas de ativação. A vantagem ao usá-lo chega a quase 0s6 milésimos por volta.

Desde que entrou para o calendário anual da F1, o Safety Car fora utilizado apenas duas vezes; a primeira na corrida realizada em 2014 (ano de sua inauguração na categoria), e a segunda em 2018. Lembramos também que 40% dos abandonos nesta prova vieram na volta inicial.