Veja quais clubes da Série A já trocaram de treinador

O futebol brasileiro é conhecido por ter uma rodada grande de treinadores nas primeiras divisões das suas competições e na Série A, a situação não é diferente. Antônio Carlos Zago, comandante do Coritiba, foi em entrevista coletiva após a goleada sofrida para o Grêmio e disparou contra o grupo de jogadores e diretoria, sendo um dos fatores que contribuíram para a sua demissão do cargo de treinador do clube.

 

Aliás, na primeira divisão, algumas equipes já trocaram mais de uma vez de treinador e não chegamos nem no final do primeiro turno da competição. Com 12 rodadas disputadas até o momento, o Brasileirão 2023 contou com 10 treinadores que foram desligados do seu cargo, uma média de quase uma demissão por rodada.

No Brasileirão do ano passado tivemos 22 demissões de treinadores e, apesar de estarmos caminhando para as últimas rodadas do primeiro turno, já tivemos quase 50% dos números da temporada anterior, podendo aumentar se o Botafogo confirmar a saída de Luís Castro. O treinador do clube carioca, segundo a imprensa saudita, está de saída do clube.

Confira as mudanças de treinadores dos clubes da Série A do Brasileirão

Atlético-MG

Muito criticado desde que chegou ao clube, Eduardo Coudet foi desligado após o jogo contra o Bragantino, quando a equipe empatou e o comandante simplesmente disse que estava pedindo demissão e que não iria mais treinar o Galo. O comportamento aliás não é incomum de Coudet, que já fez isto em outros momentos. Para o seu lugar foi chamado Felipão, que voltou a treinar uma equipe e que apresenta bons números após a Copa de 2014.

No Brasileirão de 2022 a equipe era comandada por Turco Mohamed, mas que foi desligado para a entrada de Cuca, que foi demitido no final do ano.

Athletico-PR

Após Felipão sair do Furacão e assumir o cargo de treinador, mesmo após negar que iria comandar uma outra equipe, o time paranaense decidiu demitir Paulo Turra, tido como um dos melhores amigos do ex-técnico da Seleção Brasileira. Porém, até o momento nomes como Rogério Ceni e Cuca foram sondados, mas nenhum nome oficial foi anunciado.

Assim como o Galo, o Furacão teve na temporada passada a saída de Fábio Carille, para a entrada de Felipão, que saiu do comando técnico da equipe no final do ano.

 

Coritiba

Forte candidata ao rebaixamento nesta temporada, o Coritiba demitiu Antônio Oliveira e contratou Antônio Carlos Zago, que foi desligado do cargo de treinador da equipe, após disparar contra o grupo de jogadores e diretoria, afirmando que do jeito que está o clube irá ser rebaixado com rodadas de antecedência. Para o seu lugar, ainda não foi definido o substituto.

Na temporada passada a equipe do Coxa demitiu o paraguaio Gustavo Morinigo e anunciou Guto Ferreira. Porém, diferente do atual ano, foi apenas uma troca.

Corinthians

Após um início conturbado no Brasileirão, onde a equipe chegou a frequentar a zona de rebaixamento, o Timão decidiu demitir Fernando Lázaro e a contratar Cuca para ser o novo treinador. Após muitos protestos da torcida, Cuca pediu demissão com uma semana de clube e Vanderlei Luxemburgo foi contratado para comandar o time paulista. Após um início turbulento, a equipe chegou a ameaçar uma nova demissão, mas manteve Luxemburgo no cargo até o m9omento.

 

Cuiabá

Após sofrer uma goleada no Brasileirão, o Dourado decidiu que iria desligar o português Ivo Vieira e decidiu contratar Antônio Oliveira, para o restante da Série A de 2023. O comandante que na temporada passada foi treinador da equipe. Porém, até o momento os resultados não apareceram e é bem provável que o clube troque novamente de comando técnico.

Em 2022 o time decidiu demitir o treinador Pintado e para seu lugar Antônio Oliveira foi contratado, não permanecendo no cargo no final da temporada.

Santos

Odair Hellmann já vinha sendo pressionado no cargo de treinador da equipe santista e, após uma derrota para o Corinthians, na Série A de 2023,  foi desligado do cargo. Após a possibilidade de contratar diversos nomes, o clube agiu rápido e anunciou Paulo Turra, muito criticado pela torcida santista sua “falta de experiência”, no cargo.

A equipe paulista teve duas trocas de comando e um total de três treinadores na temporada passada na Série A. Bustos saiu do cargo e Lisca assumiu, sendo demitido logo em seguida. Orlando Ribeiro, assumiu de maneira interina o comando da equipe até o final do ano. Lisca que naquele ano foi desligado de dois clubes na Série A.

 

São Paulo

A demissão de um ídolo do clube é sempre muito traumática e foi o que aconteceu com o São Paulo, na Série A desta temporada. Após um inicio difícil na Série A, a diretoria lutou até o final, mas se viu obrigada a mandar embora Rogério Ceni, que não vinha de bom relacionamento para a equipe. Para seu lugar, Dorival Jr foi anunciado e vem fazendo um bom papel, após boa passagem pelo Flamengo na temporada anterior.

 

Vasco

Acostumado a viver momentos turbulentos, o Vasco parecia que iria caminhar em águas mais calmas na atual temporada, ainda mais com a entrada da 777, porém nada mudou. O clube anunciou diversos jogadores, mas o desempenho na Série A e na temporada ficou cada vez pior, com ameaçar por parte da torcida. O resultado foi que Maurício Barbieri foi demitido do cargo e até o momento ninguém foi anunciado oficialmente.

 

Outras trocas de comando

Flamengo e Goiás começaram a disputa da Série A com treinadores interinos, que ficaram no cargo após o anúncio oficial dos novos comandantes. Por isto, estas duas trocas de comando não foram contabilizadas na lista.

 

 

 

 

 

Otávio Silva Otávio Silva

Estudante de jornalismo com experiência em assessorias de imprensa e em portais de noticias. Apaixonado por escrever sobre esportes, mas com uma paixão ainda maior pelo futebol. Gaúcho de Porto Alegre e admirador do futebol raiz.