POLÊMICA! Jornalista ‘debocha’ de Abel Ferreira e arruma confusão com torcida do Palmeiras

Flávio Prado ironizou o julgamento do técnico do Verdão. O jornalista deu sua opinião sincera sobre Abel Ferreira

No último sábado (8), o Palmeiras empatou com o Flamengo por 1 X 1, no Allianz Parque, pela 14ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o Verdão ficou na 5ª colocação com 24 pontos.

Agora, Abel Ferreira e companhia voltam suas atenções para a Copa do Brasil. Como o Palmeiras perdeu na ida para o São Paulo por 1 X 0, somente uma vitória por dois ou mais gols de diferença garante a classificação às semifinais do torneio.

Nesta segunda-feira (10), o técnico foi julgado no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta de um episódio no Choque-Rei, pela Série A. O português foi denunciado em dois artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Em meio a esse cenário, um jornalista ‘debochou’ de Abel Ferreira e arrumou confusão com a torcida do Palmeiras.

Flávio Prado ironiza Abel Ferreira

Tudo começou quando Abel Ferreira e Calleri se estranharam dentro de campo, sendo que o técnico do Verdão encarou o atacante do Tricolor. Após protagonizar a cena de confusão, o português foi advertido com o cartão amarelo.

Abel foi julgado no STJD e absolvido após ser denunciado inicialmente para que fosse punido pela ‘treta’ com Calleri e por supostamente ter dito “vai se f*” para o árbitro Raphael Claus, depois de já ter recebido o amarelo.

O treinador do Palmeiras foi denunciado no artigo 257 do CDBJ, que diz respeito sobre “participar de rixa, conflito ou tumulto, durante a partida, prova ou equivalente” e no 258, que fala sobre “assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código”.

Durante um programa da Jovem Pan, Flávio Prado ironizou a falta de punição para Abel Ferreira após a confusão com Calleri. 

O jornalista incentivou o técnico do Verdão a encarar outros adversários. Contudo, Prado aconselhou Abel para que ele tome cuidado em possíveis novas encaradas:

“Meu Deus do céu. Aquele negócio do Calleri foi ok então? Então faz de novo, Abel, pode fazer. Tá liberado, fica à vontade. Entra lá, puxa jogador. Só toma cuidado com quem faz, porque alguns talvez não reajam com a educação do Calleri. Se ele pega um Serginho Chulapa, um Dinei…”.
Matheus CristianiniMatheus Cristianini

Jornalista de 23 anos formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Passagens por Rádio Unesp FM, Antenados no Futebol e Bolavip Brasil. Apaixonado por tudo o que envolve o futebol. Tanto dentro, quanto fora das quatro linhas.