Por liminar do Atlético-MG, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva - STJD deu até essa sexta-feira (29) para o Flamengo responder por que não disponibilizou os 10% de ingressos que cabem ao Galo, em partida que será realizada entre as duas equipes neste sábado (30), pela 29ª rodada do Brasileirão.

A decisão foi impetrada pelo presidente do Tribunal - Otávio Noronha. Além do Flamengo, segundo as últimas informações, o Departamento de Competições da CBF e a FERJ também foi notificado pelo STJD.

Entenda o caso:

O Atlético-MG cobra o direito de 10% dos ingressos disponíveis para o jogo deste sábado, conforme nova determinação do Protocolo apresentado pela própria CBF no último mês, onde essa liberou a presença de torcedores visitantes aos jogos da Série A.

Mesmo que o Flamengo não tenha ainda respondido ao Tribunal e relute em dar o percentual cabível ao Galo Mineiro, pelo novo regulamento da CBF a tendência é de que o clube carioca seja obrigado judicialmente a disponibilizar a parte de ingressos que cabe ao clube visitante - aqui no caso o Atlético-MG.

Confronto entre Flamengo x Atlético-MG

Flamengo e Atlético-MG fazem neste sábado (30), uma espécie de final do Brasileirão 2021, a partir das 19h (de Brasília), no Maracanã, com transmissão ao vivo pelo Premiere - do SporTV

Atualmente o Flamengo ocupa a quarta colocação na tabela de classificação, com 46 pontos; enquanto isso, o Atlético-MG é o grande líder da Série A, com 59 pontos - dez a mais que o vice-líder Palmeiras e treze a mais que o Rubro-Negro.