Com a metade final da atual temporada do futebol brasileiro, a Copa do Brasil 2021 também começa a tomar os seus rumos finais. E, nesta quinta-feira (6), a competição mais democrática e rentável do futebol nacional conhece os duelos das quartas de final, em evento que será realizado na sede da CBF, às 15h (Horário de Brasília).

E, se nas oitavas de final, tivemos diversas zebras, com times surpreendendo e eliminando gigantes, agora, o cenário é bastante diferente: Todos os 8 classificados para esta fase do torneio estão na 1ª divisão do futebol brasileiro, eliminando times da série B, como Vasco, CRB e Vitória, além de times da série C (Criciúma) e da série D, como a Juazeirense.

O sorteio começa às 15h e será transmitido pela página da CBF ao vivo:

Os times classificados para as quartas de final da Copa do Brasil são:

Duelos das quartas de finais da Copa do Brasil definidos

  • Santos x Athletico-PR
  • Grêmio x Flamengo
  • São Paulo x Fortaleza
  • Atlético-MG x Fluminense

  • Os times em negrito decidem em casa
Chaveamento da Copa do Brasil 2021. (Foto:Reprodução)
Chaveamento da Copa do Brasil 2021. (Foto:Reprodução)

Para as semifinais, o chaveamento também já foi decidido: o vencedor de Grêmio x Flamengo enfrenta o vencedor de Santos x Athletico-PR. No outro lado, o vencedor de São Paulo x Fortaleza, enfrenta o vencedor de Fluminense x Atlético-MG.

As partidas de ida acontecem nos dias 24,25 e 26 de agosto, e as partidas de volta nos dias 31 (agosto), 1 e 2 de setembro.

Sorteio das quartas de final da Copa do Brasil 2021

Regras

O sorteio das quartas de final da Copa do Brasil 2021 será realizado da seguinte maneira: Os 8 times classificados estarão em um mesmo pote, e assim, os duelos serão definidos. Não existe nenhuma restição em termos de local ou de divisão, e com isso, podemos ter clássicos como Flamengo x Fluminense, ou Santos x São Paulo, por exemplo.

Vale lembrar que, neste duelo, já será definido o chaveamento até a grande decisão da competição. Ou seja, os times já conhecerão os seus possíveis adversários nas próximas fases do torneio.

Premiações da Copa do Brasil

Os times que se classificaram para as quartas de final da Copa do Brasil receberam de premiação cerca de R$3,45 milhões. Os classificados para a semifinal receberão o valor de R$7,3 milhões. Veja abaixo todas as premiações da competição:

  • 1ª fase: R$1,15 milhão (grupo 1); R$ 990 mil (grupo 2) e R$ 560 mil (grupo 3)
  • 2ª fase: R$1,35 milhão (grupo 1); R$ 1,17 milhão (grupo 2) e R$ 675 mil (grupo 3)
  • 3ª fase: R$ 1,7 milhão (todos os grupos)
  • Oitavas de final: R$ 2,7 milhões
  • Quartas de final: R$ 3,45 milhões
  • Semifinal: R$ 7,3 milhões
  • Vice-campeão: R$ 23 milhões
  • Campeão: R$ 56 milhões

*Nas fases 1 e 2, as premiações variam de acordo com os grupos em que as equipes estão estabelecidas. A divisão dos grupos é feita de acordo com o rannking da CBF, e premia com quantias melhores, os times mais bem colocados.

Somando as premiações de todas as fases, o campeão da Copa do Brasil garante cerca de R$ 69,45 milhões. Caso o time campeão estiver no torneio desde a primeira fase, caso do Fortaleza, por exemplo, a premiação total será ainda maior: R$ 73,65 milhões.

Além da vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América, a Copa do Brasil tem a 2ª maior premiação do calendário do futebol sul-americano (menor apenas que a da Libertadores). Em 2020, o torneio nacional pagou R$66,9 milhões, enquanto a Libertadores pagou ao campeão cerca de R$109 milhões, somando todas as fases.

Para a edição de 2021, a CBF injetou ainda mais dinheiro na competição. O campeão, por exemplo, receberá a quantia de R$ 56 milhões, enquanto na edição de 2020, o valor foi de R$ 54 milhões. O vice-campeão também receberá mais: R$ 23 milhões. Na edição de 2020, o prêmio foi de R$ 22 milhões.

O objetivo da Copa do Brasil ter uma premiação extremamente superior ao Campeonato Brasileiro, por exemplo, é bem simples: Com estas altas quantias desde a primeira fase, é grande a chance de times menores e de divisões inferiores, como da série C e D, por exemplo, conseguirem ter maior capacidade de investimento, ou para diminuir dívidas.

A Juazeirense, por exemplo, que chegou até as oitavas de finais, arrecadou cerca de R$6,9 milhões. Este valor é consideravelmente maior aos prêmios recebidos na disputa do Brasileirão série D e do campeonato estadual.

Maiores campeões da história da Copa do Brasil

  1. Cruzeiro (6 títulos)
  2. Grêmio (5 títulos)
  3. Palmeiras (4 títulos)
  4. Flamengo e Corinthians (3 títulos)
  5. Internacional, Fluminense, Sport, Santos, Vasco, Atlético-MG, Athletico, Criciúma, Juventude, Santo André e Paulista-SP (todos com 1 título)