Lista de poker-tricks e manita na Copa do Mundo

Hoje trazemos a lista de poker-tricks e manita na Copa do Mundo. Marcar gol em Copa do Mundo não é para qualquer um. Decerto, muitos jogadores já marcaram, mas a quantidade que não marcou e teve a chance de participar é ainda maior. Então, se marcar um gol já é difícil, imagine marcar um hat-trick (três gols)? Agora imagine que tem um seleto grupo que marcou quatro gols (poker) e um único jogador a marcar cinco vezes (manita) em um mesmo jogo.

Veja todos os jogadores com hat-tricks em Copas do Mundo

Quais hat-tricks que viraram poker e manita na Copa do Mundo?

Em primeiro lugar, é preciso ressaltar que apenas sete jogadores marcaram quatro gols em Copas do Mundo (poker) e apenas um destes sete marcou o quinto gol, recorde inquebrável até os dias atuais. Confira abaixo os artilheiros!

O primeiro poker-trick em Copa do Mundo: 1938

5 de julho: Brasil 6 x 5 Polônia

Brasil 6 x 5 Polônia foi uma partida para entrar para a história dos grandes jogos das Copas do Mundo, não apenas pela quantidade de gols, mas pelas curiosidades envolvendo o duelo.

Ernest Othon Wilimowski
Brasil 6 x 5 Polônia na Copa do Mundo de 1938
Polônia e Brasil perfilados antes da partida de estreia de ambos na Copa do Mundo FIFA de 1938. Ambos usavam camisas brancas e por sorteio definiu-se que os brasileiros usariam uma camisa azul celeste (Divulgação/FIFA)

O duelo fixa algumas marcas na trajetória da competição mundial.

  • Foi a primeira partida das Copas do Mundo que teve dois hat-tricks no mesmo jogo: Leônidas da Silva (Brasil) e Ernest Othon Wilimowski (Polônia).
  • É o segundo jogo com mais gols na história das Copas do Mundo, com 11 tentos, atrás apenas de Áustria 7 x 5 Suíça e igualado a Hungria 8 x 3 Alemanha Ocidental, ambos em 1954.
  • Foi o primeiro poker (quatro gols) na história das Copas. Wilimowski anotou o hat-trick e, já na prorrogação, anotou o quarto gol, aos 118′. Ou seja, é o primeiro jogador a marcar quatro gols em uma Copa do Mundo.
  • Ernest Othon Wilimowski é o único jogador da história das Copas do Mundo a anotar um poker-trick em Copas e seu time sair derrotado (isso graças ao hat-trick de Leônidas da Silva, da Seleção Brasileira).
  • Wilimowski é o jogador que mais gols conseguiu marcar em uma única partida contra a Seleção Brasileira, ao marcar estes quatro gols neste duelo histórico pelas oitavas de final da Copa do Mundo de 1938.

Em suma, Leônidas da Silva abriu o marcador aos 18′, mas Scherfke empatou em cobrança de pênalti. O Brasil voltou a frente com RomeuPerácio. Então, Wilimowski marcou duas vezes em seis minutos. Perácio fez o 4 x 3, só que Wilimowski anotou o hat-trick e empatou de novo. Em conclusão, na prorrogação, Leônidas anotou seu hat-trick, fazendo 6 x 4. Wilimowski fez seu poker-trick aos 118′, mas não evitou a eliminação da Polônia.

Ernest Wilimowski
Ernest Wilimowski atuando pelo Ruch Chorzów, time polonês que atuou na maior parte da carreira

O segundo poker-trick em Copa do Mundo: 1950

9 de julho: Brasil 7 x 1 Suécia

O segundo 7 x 1 da história das Copas do Mundo (o primeiro foi Itália 7 x 1 Estados Unidos), é um 7 x 1 de boas lembranças para os brasileiros, em especial para Ademir de Menezes.

Ademir de Menezes

O lendário atacante do Vasco da Gama fez história ao anotar um poker no duelo contra a Suécia na Copa do Mundo que, mais tarde, voltaria a ser dolorosa aos brasileiro com a perda do título na final para o Uruguai, no triste e famoso Maracanaço.

A saber, Ademir de Menezes marcou os dois primeiros gols, aos 17′ e 36′, e Chico ampliou ainda no 1º tempo, aos 39′. Na volta do intervalo, Ademir mandou mais duas bolas para o fundo das redes: aos 52′ e 58′. Andersson diminuiu de pênalti aos 67′, mas Maneca, aos 85′, e Chico, aos 88′, decretaram a goleada brasileira.

A Seleção Canarinha goleou a Suécia por 7 x 1 om quatro tentos de Ademir, que mais tarde se tornou o segundo brasileiro artilheiro de uma Copa do Mundo (depois de Leônidas da Silva em 1938). Naquela edição, o Queixada, como era alcunhado, foi também o 3º melhor jogador do torneio e esteve na seleção da competição. E tem mais curiosidades sobre a fera.

  • Ademir de Menezes foi o primeiro brasileiro a anotar um poker (quatro gols) em Copas do Mundo.
  • É o jogador brasileiro que mais marcou gols em uma mesma Copa do Mundo.
  • Se aposentou como maior artilheiro da história do Vasco da Gama, com 301 gols. Ultrapassado posteriormente por Romário (326) e Roberto Dinamite (702), mas ainda sustenta a 3ª posição.

O terceiro poker-trick em Copa do Mundo: 1954

Copa do Mundo de 1954 foi a menina dos olhos dos húngaros.

20 de junho: Hungria 8 x 3 Alemanha Ocidental

Com a famosa Geração de Ouro, com Puskás, Kocsis e Czibor começou a competição goleando a Coreia do Sul por 9 x 0. E logo na 2ª rodada outra surra, desta vez na Alemanha Ocidental, por 8 x 3. Foi neste confronto que saiu o poker de Kocsis, que inaugurou o placar aos três minutos. Puskás ampliou aos 17′ e Kocsis fez outro aos 21′.

Sándor Kocsis Péter

Alemanha Ocidental diminuiu ainda no 1º tempo, aos 25′, com Pfaff. Após o intervalo, Hidegkuti anotou duas vezes para os húngaros, Kocsis fez seu hat-trick aos 67, Tóth fez o sétimo tento aos 73′ e Rahn diminuiu para os alemães aos 77′. Sem tempo para lamentar, Kocsis fechou a conta para a Hungria aos 78′, marcando o poker. Herrmann ainda marcou o último tento do jogo para os germânicos derrotados.

Mas nem tudo foi final feliz. Apesar de ter encantado na Copa do Mundo de 1954, Hungria chegou na final contra a Alemanha novamente. Abriu 2 x 0 em oito minutos, favorita que era. Porém, sofreram o empate logo aos 18′. O balde de água fria aconteceu no 2º tempo, aos 84′, quando sofreram a derrota para Alemanha e perderam o título e 54, no gol de Rahn, no jogo que ficou apelidado de Milagre de Berna.

O quarto poker-trick em Copa do Mundo: 1958

28 de junho: França 6 x 3 Alemanha Ocidental

Disputando o 3º lugar após serem eliminados pelo Brasil por 5 x 2, com hat-trick de Pelé, o francês Just Fontaine conseguiu marcar apenas uma vez contra os brasileiros. Por outro lado, contra a Alemanha, os franceses garantiram a 3ª melhor colocação da Copa do Mundo de 1958.

Just Fontaine

Tudo começou com Fontaine abrindo o placar aos 16′. Dois minutos mais tarde e os alemães empataram com Cieslarczyk. Nove minutos mais e Kopa colocou os franceses em vantagem em cobrança de pênalti. Fontaine marcou novamente aos 36′, fechando a etapa inicial em 3 x 1.

Na etapa complementar, Doius fez 4 x 1 aos 50′ e Rahn diminuiu para os germânicos dois minutos mais tarde. Fontaine anotou seu hat-trick aos 78′, Schäfer descontou para 5 x 3 aos 84′, mas Justo, apelido de Just, ídolo do Stade de Reims, fez seu poker aos 89′, fechando o placar em 6 x 3.

O quinto poker-trick em Copa do Mundo: 1966

23 de julho: Portugal 5 x 3 Coreia do Norte

Copa do Mundo de 1966 não é bem vista pelos brasileiros, afinal, foram eliminados da possibilidade do tricampeonato consecutivo.

Eusébio

Para o Portugal essa é a melhor Copa que já participaram, afinal, chegaram ao 3º lugar. E isso muito graças ao Pantera Negra, Eusébio.

A saber, o Brasil já havia perdido para a Hungria por 3 x 1 e o placar se repetiu frente a Portugal, com dois gols de Eusébio. Mas o poker-trick estava marcado para as quartas de final, frente a Coreia do Norte, em um jogo que era considerado fácil, pois os coreanos não tinham tradição no futebol. Contudo, o que se viu foi um duelo acirrado, pois os norte-coreanos empataram com o Chile e venceram a poderosa Itália para chegar às quartas de final.

Inclusive, a partida parecia uma tragédia inicialmente. Desacordado no jogo, Portugal tomou 3 x0 em 25 minutos, com gols e Pak, LiYang. A partir daí, Eusébio chamou a responsabilidade e mostrou porque não se pode duvidar do King. Marcou aos 27′ e diminuiu ainda mais a diferença de pênalti aos 43′, indo para o intervalo com esperança.

Na etapa final, Eusébio anotou o hat-trick aos 56′ e, novamente em penalidade, aos 59′, anotou seu poker e virou o jogo para os portugueses: 4 x 3. Por fim, aos 80′, José Augusto decretou a vitória portuguesa nas quartas de final por 5 x 3. Mais tarde, perderam por 2 x 1 para a futura campeã Inglaterra, mas venceram por 2 x 1 a União Soviética, garantindo o lugar no pódio.

O sexto poker-trick em Copa do Mundo: 1986

18 de junho: Dinamarca 1 x 5 Espanha

Pelas oitavas de final da Copa do Mundo de 1986, a Espanha amassou a Dinamarca por 5 x 1, com direito a poker-trick de Emilio Butragueño. 

Emilio Butragueño

Os espanhóis começaram o duelo perdendo. Aos 33′, de pênalti, Jesper Olsen inaugurou o marcador. Ainda no 1º tempo, aos 43′, Butragueño empatou o jogo, levando para o intervalo um jogo igualado.

Já no 2º tempo, só deu Espanha. Aos 56′, Butragueño marcou seu segundo gol, virando a partida. Em penalidade, aos 68′, Andoni Goikoetxea ampliou o marcado para os espanhóis. Faltando 10 minutos para o fim da etapa complementar, El Buitre (O Abutre, em português), marcou seu hat-trick. Por fim, aos 88′, de pênalti, selou a goleado e fez seu poker no jogo.

Emilio Butragueño já tinha marcado um gol na Copa e sua seleção foi eliminada na fase seguinte, nos pênaltis, para a Bélgica. De qualquer forma, ficou com a Chuteira de Prata do campeonato, como segundo melhor marcador, ao lado de MaradonaCareca, os três atrás do artilheiro da competição, o inglês Gary Lineker.

A única manita em Copa do Mundo: 1994

28 de junho: Rússia 6 x 1 Camarões

Fechando a lista de poker-tricks em Copas do Mundo, temos uma manita.

Oleg Salenko

Para quem não sabe, manita é o nome que se dá para quem faz cinco gols em um mesmo jogo. Em espanhol também é chamado de Repoker. Para se ter dimensão da importância do russo feito de Oleg Salenko, ele foi o único a fazer tal proeza em todas as Copas do Mundo já disputadas.

Em primeiro lugar, a Rússia nem chegou a se classificar no grupo B, que tinha Brasil, SuéciaCamarões. Por outro lado, Oleg Salenko deixou seu nome marcado para a eternidade na história das Copas do Mundo. Em resumo, Salenko marcou seu hat-trick ainda no 1º tempo, aos 15′, 41′ e 44′, este último de pênalti. Este foi o primeiro gol de Oleg com a camisa russa.

O lendário e veterano Roger Milla descontou aos 46′ para os camaroneses, mas não conseguiu ensaiar uma reação. Contudo, também entrou para a história e tornou-se o jogador mais velho a jogar e marcar um gol em Copas do Mundo.

Assim, aos 72′ e 75′, Oleg Salenko marcou novamente e entrou para a história como o primeiro, e até a Copa do Mundo de 2022, o único, a marcar cinco gols em um mesmo jogo de Copa do Mundo. Ainda mais tarde, aos 81′, Radchenko selou a goleada de 6 x 1.

Dessa forma, incluindo o gol marcado de pênalti contra a Suécia, Oleg Salenko foi um dos artilheiros da Copa de 1994 com seis gols, juntamente com o búlgaro Stoichkov, porém ganhou a Chuteira de Ouro por ter jogado menos partidas.

Outras manitas

  • 2019: Alex Morgan (Seleção dos Estados Unidos, Copa do Mundo Feminina 2019): quem se iguala ao russo é a americana Alex Morgan, que também anotou uma manita (ou repoker) na Copa do Mundo Feminina de 2019. Na ocasião, o oponente era a Tailândia. 
  • 2014: Luiz Adriano (Shakhtar Donetsk, UEFA Champions League): conseguiu essa façanha pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, em 2014, contra os bielorrussos do BATE Borisov, no duelo vencido por 7 x 0.
  • 2012: Lionel Messi (Barcelona, UEFA Champios League): contra o Bayer Leverkusen, a goleada foi de 7 x 1. O argentino  marcou em cinco oportunidades.
  • 1999: Fernando Baiano (Corinthians, Libertadores): o brasileiro então no Corinthians, anotou o repoker (ou manita) na goleada de 8 x 2 do Timão sobre o Cerro Porteño em 1999.
  • 1957: Evaristo de Macedo (Seleção Brasileira, Campeonato Sul-Americano de 1957 (atual Copa América): na ocasião, o Brasil goleou a Colômbia por 9 x 0 e Evaristo deixou seu repoker na história da Seleção. Por uma infelicidade do destino, não pode jogar a Copa do Mundo de 1958 por estar jogando fora do Brasil, atuando pelo Barcelona.

Poker ou manita das Olimpíadas que antecederam a primeira Copa do Mundo

Antes de a Copa do Mundo ser inventada, em 1930, as Olimpíadas era o que mais chegava próximo de uma competição mundial. Em primeiro lugar, em 1900 e 1904 não se tem os registros completos dos goleadores. Portanto, o recorte será entre 1908 e 1928. Em 1908 e 1912 houve diversos jogadores marcando poker ou mais, mas em 1920 o Egito estreou no futebol, sendo a primeira versão “bicontinental”, mas sem brilho ou poker.

Por outro lado, em 1924 a competição tomou outra proporção e começou a ter caráter mundial, afinal, além dos europeus, havia Uruguai (da América do Sul), Estados Unidos (da América do Norte) e Egito (da África), além da Iugoslávia (parte Europa e parte Ásia).

A saber, os dois títulos olímpicos do Uruguai, em 1924 e 1928 estão estampados acima do escudo da federação, com duas estrelas. Contudo, a FIFA só deixa por estrelas acima do escudo seleções campeãs da Copa do Mundo e uma estrela por conquista. Curiosamente, o Uruguai, bicampeão em 1930 e 1950, tem quatro estrelas.

  • Futebol nas Olimpíadas de Verão de 1908
    • Em 1908, ainda com uma versão de “Olimpíada Europeia“, na era amadora do futebol, o dinamarquês Vilhelm “Wolle” Wolfhagen foi o primeiro jogador a marcar um poker na história das Olimpíadas.
    • A Dinamarca venceu a França B por 9 x 0. No dia seguinte, a Grã-Bretanha goleou por 12 x 1 a Suécia e o inglês Clyde Honeysett Purnell fez um poker-trick.
    • Três dias depois, o dinamarquês Sophus Nielsen marcou 10 gols na goleada da Dinamarca sobre a França A, por 17 x 1. Neste mesmo jogo, Wolfhagen fez outro poker.
    • O inglês Harold “Harry” S. Stapley fechou os pokers da edição na goleada por 4 x 0 da Grã-Bretanha sobre a Holanda.
Football At The 1908 Olympics: Goals, Gold & Great Britain
Seleção da Grã-Bretanha campeã olímpica em 1908 (Reprodução/Punditarena)
  • Futebol nas Olimpíadas de Verão de 1912
    • A princípio, a Grã-Bretanha goleou a Hungria em 30 de junho por 7 x 0 com uma manita de Harold Adrian Walden. Mais tarde, na disputa de 3º lugar, em 4 de julho, a Holanda goleou a Finlândia por 9 x 0 e Jan Vos também anotou uma manita.
File:Football at the 1912 Summer Olympics
Seleção da Grã-Bretanha campeã olímpica em 1912 (Reprodução/Wikimedia)
  • Futebol nas Olimpíadas de Verão de 1924
    • Na goleada de 9 x 0 da Suíça sobre a Lituânia, o argentino radicado na Suíça, Paul (Paolo) Sturzenegger marcou um poker. No duelo entre Holanda 6 x 0 Romênia, a lenda do Feyenoord, Kees Pijl, anotou um poker-trick.
ANOTANDO FÚTBOL *: FÚTBOL OLIMPICO 1924 * URUGUAY CAMPEÓN
Seleção Uruguaia campeã olímpica de 1924 (Reprodução/anotando Futbol Blog)
  • Futebol nas Olimpíadas de Verão de 1928
    • Por fim, a última Olimpíada pré-Copa do Mundo, a Argentina goleou os Estados Unidos por 11 x 2 na 1ª fase, com um poker de Domingo Tarasconi, ídolo do Boca Juniors.
Uruguay Campeón Olímpico 1928
Seleção Uruguaia campeã olímpica de 1928 (Reprodução/Capsulas de Carreño)