Depois das apresentações e a primeira impressão com o elenco no primeiro dia de trabalho no CT Parque Gigante nesta última terça-feira (22), o coordenador de preparação física Paulo Paixão em entrevista falou sobre seu retorno ao Beira-Rio.

Em sua terceira passagem pelo clube, aos 70 anos Paixão carrega consigo o maior título conquistado na história colorada, o Mundial de Clubes de 2006, onde mesmo contendo um currículo invejável, o profissional diz assumir o maior desafio de sua carreira neste momento.

"Não tem honra maior ou prazer do que voltar ao clube que te projetou para o mundo. É o maior desafio da minha vida, da minha carreira, que é fazer com que esse time volte a conquistar títulos. Eu vivo de desafios. O que eu ganhei com as outras comissões técnicas, pelos clubes, pela seleção, fica para trás. Eu tenho que ganhar daqui para frente", revelou ele ao site "GE".

Com promessa de mudanças internas, a direção do Internacional encontrou um espaço vazio após a demissão de Miguel Ángel Ramírez, onde esse fora ocupado justamente pelo coordenador da preparação física do clube.

Além da falta de preparo do elenco, que é nítida nos últimos jogos do Inter, um dos critérios utilizados pela direção para trazer de volta Paulo Paixão ao Beira-Rio foi seu perfil de liderança, onde esse ajudará a gerir o vestiário colorado.

"Eu gosto de conversar com os jogadores, chamar a responsabilidade de uma forma própria. Eu sei como eles me vêem, a questão de ter ganho, mas dizendo sempre essa frase: "Agora é meu desafio maior. Ganhar aqui no Inter". Para voltar a ganhar, se paga um preço. E estou disposto a pagar e exijo que todo mundo pague o preço também. Cada um pagando o seu, somando é o objetivo final", finalizou o profissional.

Paulo Paixão como já destacamos acima, é multicampeão pelo clube, onde trabalhou entre 2005 a 2006 e em 2013, conquistado o Mundial de Clubes e tantos outros títulos.

Seu último trabalho antes de retornar ao Beira-Rio se deu pelo Bahia, clube pelo qual deixou a função de preparador físico no final de 2020.

Primeiro desafio em sua volta ao Beira-Rio

Agora de volta a sua "casa", assim como se referiu Diego Aguirre - novo comandante técnico colorado, a dupla em conjunto com os demais membros da comissão técnica terão seu primeiro desafio a frente da equipe do Internacional, nesta quinta-feira, onde o time gaúcho encara a Chapecoense, na Arena Condá, a partir das 19h, em duelo válido pela sexta rodada do Brasileirão 2021.