Com Kylian Mbappé declarando que não deseja permanecer em Paris na próxima abertura da Janela de Transferências, o Paris Saint-Germain acredita ainda assim que poderá movimentar ainda mais os bastidores para reforçar seu elenco.

Com previsões ambiciosas para vendas, o clube em questão deve se reforçar em alto nível para a temporada 2021/2022. De acordo com informações reveladas pelo jornal "Le Parisien", o PSG revelou o seu orçamento a Direção Nacional de Controle e Gestão - DNCG; a mesma é veiculada a Ligue 1.

Nesta revelação, o PSG estipula que deve gastar em torno de 250 milhões de euros - algo próximo a R$ 1,4 bilhão em reforços, isso sem contar àqueles jogadores que podem chegar a custo zero, como por exemplo, Wijanldum, que já fora anunciado.

Além desse, há ainda negociações semelhantes sendo tratadas com Gianluigi Donnarumma e Sergio Ramo.

Saídas de jogadores do Paris Saint-Germain

Mesmo tratando com cuidado os possíveis reforços, tendo um orçamento milionário para isso, o PSG poderá reforçar ainda mais esse caixa com possíveis vendas, como é o caso de: Pablo Sarabia, Ander Herrera, Leandro Paredes, Idrissa Gueye, Thilo Kehrer, Addou Diallo, Layvin Kurzawa e possivelmente Kylian Mbappé.

Com menos de um ano para o término de seu vínculo, o PSG se não conseguir convencer Mbappé a renovar seu contrato nas próximas semanas, terá que dar um jeito de achar uma boa negociação pelo atacante, se não quiser perdê-lo de graça.

Atualmente o clube mais próximo de Kylian Mbappé é o Real Madrid, que tentará levar o jogador para junto de seu elenco. Aguardemos os próximos capítulos desta "novela"!