Oleksandr Zinchenko, ex-Manchester City, é a mais nova contratação do Arsenal

Segundo David Ornstein, correspondente do “The Athletic”, Oleksandr Zinchenko, lateral-esquerdo ex-Manchester City, é o novo reforço do Arsenal. Os Gunners desembolsaram 30 milhões de euros (R$ 164 milhões ) pelo ucraniano de 25 anos. Assim, permanece no Emirates Stadium até junho de 2026. Por fim, o atleta é a quinta contratação do clube do Norte de Londres.

Campeão inglês chegando

A saber, Gabriel Jesus, Fábio Vieira, Matt Turner e Marquinhos já foram anunciados. Zinchenko tem sido uma parte vital da equipe quatro vezes vencedora da Premier League de Pep Guardiola. Entretanto, sempre teve o desejo de aproveitar o tempo de jogo regular. Ainda assim, em várias ocasiões, o meio-campista que virou lateral esteve perto de deixar o Etihad Stadium.

Porém, o mesmo optou por rejeitar ofertas de outros lugares e lutar por sua posição no time. Em 2016, os Blues contrataram o jogador do FC Ufa por apenas 1,8 milhão de euro (R$ 10 milhões) e invadiu os planos de Guardiola após um curto período de empréstimo no PSV. De fato, mesmo com todos em forma e disponíveis, Zinchenko foi titular na primeira final da Liga dos Campeões 20/21.

Presença constante na seleção

Na oportunidade, os Cityzens perderam para o Chelsea. Dessa forma, na temporada passada, o atleta da seleção ucraniana realmente não conseguiu uma vaga regular na equipe. Desse modo, se viu cada vez mais longe do pessoal favorito de Guardiola. No entanto, à moda típica de Oleksandr Zinchenko, ele produziu uma participação impressionante no último dia que essencialmente deu ao City o título da Premier League.

Ainda assim, ss termos pessoais sobre um contrato foram vistos como o único obstáculo, mas agora foram acordados e Zinchenko está ansioso para se unir ao ex-assistente técnico do City no Emirates. Ainda assim, bem como citado acima, é presença garantida na seleção do seu país.

Foto Destaque: Divulgação Getty images

Sou Caio, tenho 23 anos, faço jornalismo. Procuro me especializar em Jornalismo Esportivo e meu maior sonho é comentar uma Copa do Mundo