Luto no esporte: relembre 7 casos de mortes de torcedores no futebol brasileiro em 2023

Gabriela Anelli Marchiano faleceu nesta segunda-feira (10). Outros casos de mortes de torcedores no futebol brasileiro já aconteceram em 2023

A segunda-feira (10) ficou marcada pelo luto no futebol brasileiro. Isso porque Gabriela Anelli Marchiano, torcedora do Palmeiras, faleceu após ser vítima em uma confusão antes do jogo contra o Flamengo, no Allianz Parque.

A morte de Gabriela repercutiu entre os apaixonados pelo esporte nas redes sociais. Internautas debateram os episódios de violência recentes no futebol brasileiro. E o caso fatal da torcedora do Palmeiras não foi o primeiro neste ano.

Relembre sete casos de mortes de torcedores no futebol brasileiro em 2023.

Casos de mortes de torcedores no futebol brasileiro em 2023

Gabriela Anelli Marchiano

O mais recente caso envolvendo mortes de torcedores no futebol brasileiro é o de Gabriela Anelli. A mulher de 23 anos estava na fila do estádio para assistir ao jogo entre Palmeiras X Flamengo, no último sábado (8), pelo Brasileirão.

Por volta das 18h, uma confusão se instaurou nos arredores do Allianz Parque. A Polícia Militar usou gás de pimenta e bombas de efeito moral para dispersar os torcedores.

Em meio a esse cenário, um suspeito, identificado como torcedor do Flamengo, arremessou uma garrafa long neck. Os estilhaços do vidro acabaram atingindo Gabriela no pescoço.

Ela foi socorrida pela ambulância do estádio e encaminhada à Santa Casa de São Paulo. Contudo, a torcedora do Palmeiras não resistiu e acabou falecendo. O suspeito de matar a jovem foi detido pelas autoridades e indiciado por homicídio doloso consumado.

Bruno Macedo dos Santos

O primeiro caso que resultou em mortes de torcedores no futebol brasileiro em 2023 aconteceu no dia 6 de março. No dia anterior, Vasco X Flamengo se enfrentaram pelo Campeonato Carioca. Contudo, horas antes da partida, as torcidas protagonizaram cenas de selvageria no entorno do Maracanã.

As torcidas organizadas de Flamengo e Vasco se enfrentaram. Bruno Macedo dos Santos acabou sendo atingido por um tiro e chegou a dar entrada no Hospital Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro.

O torcedor do Vasco não resistiu aos ferimentos e faleceu no dia seguinte à confusão.

https://twitter.com/reacao_acao/status/1632798196345757696

Ítalo Silva de Lima

No dia 18 de março, Ceará X Iguatu se enfrentaram pela semifinal do Campeonato Cearense. Ítalo Silva de Lima estava a caminho do estádio Castelão para assistir à partida quando foi surpreendido.

Uma briga entre torcedores no Bairro Serrinha, em Fortaleza, deu início antes da bola rolar. Ítalo tentou fugir do local, mas foi atingido por vários golpes de paus na cabeça. O torcedor do Ceará faleceu antes de chegar ao hospital.

Thiago Leonel Fernandes da Motta

No dia 1 de abril, um torcedor do Fluminense foi morto. Thiago Leonel Fernandes da Motta foi baleado após a partida contra o Flamengo, pela final do Carioca, em um bar. O crime aconteceu por motivação política.

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou o policial penal Marcelo de Lima por homicídio triplamente qualificado. Ele foi acusado de balear Thiago após uma discussão por supostamente ter dito que “petista é igual flamenguista, tudo burro e ladrão”.

Rafael de Moura Merenciano

Outro caso envolvendo mortes de torcedores no futebol brasileiro em 2023 aconteceu no dia 12 de abril, Corinthians X Remo se enfrentaram pela Copa do Brasil. Rafael de Moura Merenciano saiu de São Paulo para acompanhar o time de coração em Belém.

No caminho para o Estádio Mangueirão, o torcedor do Corinthians, de 35 anos, foi atingido pelas costas por um rojão. Rafael chegou a ser socorrido para um hospital em Ananindeua, mas faleceu ao não resistir aos ferimentos.

Pedro Lúcio dos Santos

No dia 4 de maio, Pedro Lúcio dos Santos foi ao estádio Rei Pelé para assistir ao jogo entre CSA X Confiança, pela Série C do Brasileiro. Após a partida, o homem de 47 anos, conhecido como Peu, se sentou em um churrasquinho.

Nesse momento, ocupantes de quatro carros e duas motos desceram dos veículos com barras de ferro, facas e garrafas. Pedro foi atingido várias vezes na cabeça e precisou ser internado no Hospital Geral do Estado.

Três dias depois, o torcedor do CSA faleceu. A delegada que investigou o caso, Rosimeire Vieira, chegou a conclusão de que Peu foi agredido e morto pelo simples fato de estar vestindo uma camisa diferente dos rivais.

Lucas Gabriel Rosendo

No dia 21 de maio, Santa Cruz X Campinense se enfrentaram pela Série D do Brasileiro. Lucas Gabriel Rosendo estava a caminho do Arruda, em Recife, para acompanhar partida.

Contudo, o torcedor do Santa Cruz foi espancado por membros de uma torcida organizada. Lucas, de 21 anos, chegou a ser socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Tabajara, em Olinda. Entretanto, ele também entrou para a estatística de mortes de torcedores no futebol brasileiro em 2023.

Matheus CristianiniMatheus Cristianini

Jornalista de 23 anos formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Passagens por Rádio Unesp FM, Antenados no Futebol e Bolavip Brasil. Apaixonado por tudo o que envolve o futebol. Tanto dentro, quanto fora das quatro linhas.