Maracanã liberado ao Flamengo. Sim, de acordo com as últimas informações vindas do Rio de Janeiro, a Prefeitura da "Cidade Maravilhosa" liberou a presença de torcedores no Maracanã para o Rubro Negro nos confrontos diante do Grêmio, pela Copa do Brasil e Brasileirão, e diante do Barcelona de Guayaquil, pela Libertadores da América.

A capacidade do local iniciará com 35%, no primeiro jogo contra o Grêmio - válido pelo duelo da volta pela Copa do Brasil. Já na partida diante do Tricolor Gaúcho pelo Brasileirão, essa capacidade passará para 40%, enquanto o duelo diante dos equatorianos pela Libertadores poderá receber até 35.035 pagantes, algo em torno de 50% do que comporta atualmente o estádio.

No entanto, para os torcedores que queiram se fazer presentes nesses jogos do Flamengo, além claro de adquirirem seus ingressos, terão que comprovar que estão imunizados contra a COVID-19 - com a carteirinha completa de vacinação ou ainda apresentarem teste realizado em até 48 horas antes dos confrontos em destaque.

De acordo com a nota assinada na última segunda-feira - 06 de setembro, a retirada dos ingressos estará condicionada a apresentação da carteira de vacinação contra a COVID-19 e ou o resultado negativo de teste de antígeno para o vírus em até 48 horas anterior ao jogo; esse mesmo ainda terá que ser realizado por laboratório autorizado pelo clube organizador da partida.

Além disso, todos os presentes no estádio do Maracanã, nos dias 15, 19 e 22 de setembro, serão monitorados pela Secretaria Municipal de Saúde através de seus CPFs pelo prazo de 15 dias.

Partidas valerão como "evento-teste"

Os confrontos aqui já citados serão considerados como "evento-teste", lembrando que neste mês de setembro o Rio de Janeiro iniciou um plano de retomada da presença dos torcedores aos estádios.