Já? Sim, Lisca "doido" não é mais técnico do Vasco da Gama. Não, ele não fora demitido, mas sim pediu demissão do cargo nesta quarta-feira - 08 de setembro, pouco menos de dois meses a frente da equipe cruzmaltina.

O técnico de 49 anos deixa o clube carioca dois dias após derrota para o Avaí, pela 23ª rodada da Série B - do Brasileirão, ao mesmo tempo em que deixa o Vasco na nona colocação do torneio, a seis pontos da zona de rebaixamento.

Em um vídeo publicado pelo Vasco, o treinador agradece a oportunidade e disse poder voltar em outra situação; confira:

"Estou passando aqui para me despedir de vocês do clube e agradecer a todos, aos funcionários, aos jogadores, colaboradores. E em especial ao Alexandre Pássaro, nosso gerente, e ao nosso presidente Jorge Salgado. São duas pessoas que tive o prazer de conhecer pessoalmente e vi como são pessoas diferentes nesse meio do futebol. Muito obrigado a todos, espero um dia poder voltar a esse grande clube, numa outra situação", destacou o agora ex-treinador vascaíno.

Lisca no Vasco da Gama

Anunciado em 20 de julho, Lisca permaneceu à frente do comando técnico do Cruzmaltino um mês e meio, onde nesse período disputou 12 jogos, com quatro vitórias, um empate e sete derrotas. Desses 12, 10 jogos foram pela Série B do Brasileirão.

A partir deste momento a direção do clube parte em busca de um novo profissional para a pasta, querendo já ter esse mesmo definido até o dia 16 - data do próximo compromisso do Vasco diante do CRB, em partida válida pela Série B, em Maceió.

Enquanto vai em busca do novo técnico, a direção comunicou que o auxiliar técnico Fábio Cortez e o preparador físico Daniel Félix, comandarão os treinos até a definição do novo nome para a sequência da temporada.