Meio que como uma espécie de "dor de cotovelo" pelo não retorno do craque brasileiro ao Barcelona nesta temporada, um dos jornais espanhóis de maior destaque do país leva ao conhecimento de seus assinantes nesta segunda-feira - 06 de setembro os custos de Neymar ao Paris Saint-Germain.

Sendo ele considerado a transferência mais cara da história do mercado - pelo menos até aqui, Neymar que custou aos cofres do clube francês 222 milhões de euros, já teria somado a esse valor mais 300 milhões de gastos ao Paris Saint-Germain, diz o jornal "El Mundo".

Com a renovação do brasileiro em maio deste ano, os donos do PSG se comprometeram a bancar um salário anual de 33.334.400 nas próximas cinco temporadas em que o jogador estiver defendendo o clube da capital francesa. Se ele seguir ainda no Parque dos Príncipes por pelo menos mais um ano posterior a esse vínculo, o valor desse salário saltaria para 50.556.117 milhões de euros.

Assim sendo, somado a multa rescisória paga pelo Paris Saint-Germain ao Barcelona em 2017, no valor de 222 milhões de euros, com salários recebidos pelo atleta desde sua chegada a Paris, esse desembolsará mais de 489.228.117 milhões de euros com Neymar.

Se formos pegar esse valor e convertê-lo a nossa moeda, essa quantia ultrapassaria os R$ 3 bilhões, no entanto, essa conta não se deve levar muito a sério, visto as variações do câmbio entre o euro e o real desde então.

Neymar no futebol mundial

Atualmente o atacante brasileiro mesmo não estão a quem do esperado por todos - aqui nos referimos a clube e torcedores, é um dos jogadores de futebol mais bem pagos do mundo, ficando atrás apenas de grandes nomes, como por exemplo, Lionel Messi, seu novo companheiro de equipe.