POLÊMICA! Jorge Sampaoli entra na Justiça contra Neto e pede indenização por dano moral

O apresentador fez um grave acusação envolvendo o nome do técnico do Flamengo. Jorge Sampaoli deu entrada em dois processos

O Flamengo enfrenta o Athletico-PR nesta quarta-feira (12), às 21h30, fora de casa, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Como venceu na ida por 2 X 1, um empate é suficiente para garantir a classificação no torneio.

O Rubro-Negro também segue firme na luta pelos títulos do Brasileirão e da Libertadores. Por conta disso, a diretoria trabalha nos bastidores para trazer reforços nesta janela de transferências.

Até o momento, Luiz Araújo e Allan já foram anunciados pelo Flamengo. Quem também está na mira para reforçar o elenco de Jorge Sampaoli é Claudinho. Fora de campo, outro assunto repercutiu nesta terça-feira (11).

Isso porque uma polêmica envolvendo o técnico do Rubro-Negro e Neto voltou à tona. Sampaoli entrou na Justiça contra o apresentador e pediu uma indenização por dano moral.

Jorge Sampaoli processa Craque Neto

Tudo começou no dia 18 de abril, quando Craque Neto deu a entender que Jorge Sampaoli teria sido racista no Santos. Vale lembrar que o técnico do Flamengo treinou o Peixe em 2019.

No programa Os Donos da Bola, da TV Band, o apresentador disse que Serginho Chulapa, que fazia parte da comissão técnica fixa do Santos, lhe confidenciou em entrevista que Sebastião Martins Oliveira Júnior, mais conhecido como Arzul, preparador de goleiros, foi maltratado por Sampaoli:

“Ele (Jorge Sampaoli) foi racista no Santos, nunca cumprimentou ninguém, nunca falou português: ‘Por favor, não, senhor, me desculpe…'. Esse baixinho, idiota. Isso aí é uma vergonha, pinto pequeno, não sabe nada de bola. É uma vergonha o Flamengo contratar um cara desse”.

No programa Baita Amigos!, do BandSports, Neto foi além:

“Um cara que trata mal o Arzul, que é negro. E que é igual a mim, que é igual a você e que é um ser humano incrível. Esse cara, o Jorge Sampaoli, fazia o Arzul ficar fora do vestiário. Ele fez muitas pessoas contratadas antes dele perderem o emprego. Esse cara é nojento. Nunca tratou bem ninguém”.

Pouco tempo depois, Arzul desmentiu Craque Neto em entrevista ao GE. Sampaoli, por sua vez, entrou com duas ações na Justiça contra o apresentador e contra a Band. Apenas em uma delas, na área cível, o treinador pede R$ 500 mil por dano moral.

Já na esfera criminal, Jorge Sampaoli exige que o ex-jogador seja condenado a se retratar ao vivo por acusá-lo de ter sido racista. Os processos estão no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

O técnico do Rubro-Negro deu entrada nas duas ações na semana passada. Ainda não há data para o julgamento.

Matheus CristianiniMatheus Cristianini

Jornalista de 23 anos formado pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Passagens por Rádio Unesp FM, Antenados no Futebol e Bolavip Brasil. Apaixonado por tudo o que envolve o futebol. Tanto dentro, quanto fora das quatro linhas.