Christian Eriksen não é mais jogador da Internazionale. O clube italiano anunciou nesta sexta-feira - 17 de dezembro o fim do acordo com o meia dinamarquês.

O vínculo entre as partes fora encerrado antes do prazo em comum acordo; vale lembrar que o jogador sofreu um mal súbito neste ano quando defendia a sua seleção de seu país pela Eurocopa 2020.

Contratado no inicio de 2020, cujo vínculo era válido até junho de 2024; o dinamarquês custou aos cofres do time italiano 27 milhões de euros. Lembramos que o jogador antes de se transferir para a Internazionale pertencia ao Tottenham.

Pela Inter, Christian Eriksen ajudou esse a conquistar o título da Série A Italiana - temporada 2020/2021; único título dele pelo clube.

Salientamos que o contrato do jogador com a Internazionale só fora extinto porque não conseguiu permissão para competir na Itália, visto a utilização de um CDI, que nada mais é que um cardiodesfibrilador interno implantado em seu coração.

A Federação Italiana de Futebol não permite que jogadores profissionais atuem com esse tipo de aparelho implantado no corpo.

Últimas informações de Eriksen

Notícias mais recentes sobre o meia dão conta de que ele retornou aos treinos com bola em seu país, mas de maneira leve, ficando com isso muito longe de poder voltar normalmente aos gramados.

Sem contrato com a Internazionale, o jogador que por hora não informou sobre o futuro de sua carreira, deverá seguir treinando na Dinamarca até encontrou um novo clube para defender ou ainda até resolver o que fazer com sua vida no futebol profissional.