Afastado do último jogo diante do Fluminense até mesmo do banco de reservas, a trajetória de Thiago Galhardo no Internacional deve mesmo estar chegando ao seu final. Liberado das atividades nos últimos dias, entre elas a partida contra o Fluminense, o atacante goleador do time na temporada passada tem a permissão para encontrar um novo clube.

De acordo com as últimas informações vindas do Beira-Rio, Thiago Galhardo teria recebido liberação para resolver assuntos particulares no Rio de Janeiro, no entanto, as últimas conversas entre as partes, ocorrida horas antes do clube comunicar que o jogador estaria fora da lista que enfrentaria o Fluminense pela rodada passada do Brasileirão, escancarou a possibilidade de uma transferência.

No entanto, essa saída poderá ser dificultada, não pelo clube, mas sim por dois fatores: Primeiro pelo tempo que a janela de transferências ficará aberta, a mesma se fecha ao final deste mês; o segundo seria pelo alto custo do jogador.

Lembramos que no começo deste ano Galhardo esteve muito próximo de deixar o Beira-Rio, no entanto, o negócio envolvendo o Al-Hilal, dos Emirados Árabes não fora finalizado por falta de garantias de pagamento ao Inter. Há a esperança de que uma nova oferta possa chegar nas próximas semanas da região.

Além disso, nos últimos dias surgiu uma informação dando conta que o futuro time de Miguel Ángel Ramírez nos Estados Unidos pudesse levar o atacante para jogar a Major League Soccer; estamos falando do Charlote FC, porém, esse só iniciará suas atividades no próximo ano.

Desta forma, o jogador até dezembro permaneceria no Beira-Rio; algo que a direção não pensa neste momento. Com nove partidas pelo clube na Série A, Galhardo dentro do Brasil hoje só poderia se transferir para uma equipe da Série B ou C, mas com o alto valor pedido por seu empresário, dificilmente isso será viabilizado.

Galhardo possui contrato vigente com o Internacional até dezembro de 2022, donde até aqui vestindo a camisa "vermelha e branca" o jogador que é meia de origem, anotou 34 gols em 82 jogos pelo time.

Reposição em caso de saída

Caso consiga vender ou até mesmo emprestar o atleta aqui em destaque, a direção colorada buscará reposição para o setor. A comissão técnica de Aguirre deseja contar com mais jogadores de frente, mas com séria dificuldade financeira, o Inter está encontrando barreira na busca por esses possíveis reforços.