Ídolo se declara a torcida do Fluminense

Após a partida contra o Ceará, o atacante Fred concedeu entrevista coletiva e falou sobre sua relação com a torcida do Fluminense. Decerto, o camisa 9 afirmou que os laços se fortaleceram em meio às adversidades, o que explica sua intensa conexão.

Minha relação com o clube e a torcida é especial. O fim só coroa o que vivemos juntos. Sou grato a Deus por me ter proporcionado o que vivi desde 2009 com a camisa do Fluminense”.

Homenagens da torcida e mosaico nas arquibancadas

Além disso, Fred agradeceu ao apoio da torcida durante todo o tempo que esteve vestindo a camisa do Tricolor. Bem como afirmou que nunca se imaginou sendo desenho de mosaico, que estacou o gol de voleio contra o Flamengo, marcado em 2012. Além disso, o camisa 9 elegeu como o mais importante de sua carreira.

Nunca me imaginei sendo um desenho de mosaico. Também não sabia que ficaria tão bonito. Com toda humildade, foi a festa mais linda de todas. Nós nunca mais veremos o que aconteceu aqui. A torcida do Fluminense tem o dom de fazer surpresas agradáveis, festas bonitas… É a torcida mais charmosa, que mais ama e trata bem no Brasil. Mais uma vez, conseguiu demonstrar todo esse amor. Eu sou eternamente grato. A festa ficou maravilhosa e, com certeza, vai rodar o mundo, o que é bom para todos, inclusive para o futebol brasileiro. Vivi, sem sombra de dúvida, o dia mais emocionante da minha vida como atleta”.

Fred fala sobre gratidão da torcida do Fluminense

Assim sendo, Fred exaltou o apoio da torcida na superação de momentos difíceis. Entre eles, a arrancada de 2009, quando o clube tinha 99% de chances de rebaixamento e conseguiu escapar. Por fim, afirmou que agora será um dos torcedores do Tricolor nas arquibancadas.

Todas as vezes que eu falar do Fluminense e de sua torcida, acho que ‘gratidão’ será a palavra que mais vou usar. Depois da arrancada de 2009, eu entendi o que o torcedor sempre quis. Acho que foi por isso que nossa ligação ficou tão forte. Sempre procurei transpirar, me dedicar… Agora, tentei mudar de lado e ir lá comemorar e agradecer a cada um dos torcedores, da mesma forma que eles, pulando e cantando na arquibancada. Espero realizar o sonho de subir a rampa cantando e vibrar na arquibancada pelo nosso Fluzão com meus sobrinhos e meu filho João Pedro“.

Leia mais:

Foto destaque: Divulgação / Fluminense

Meu nome é Enzo Pires, tenho 19 anos e sou estudante de jornalismo. Desde que terminei a escola eu tinha certeza que meu futuro seria no esporte.