Após o primeiro teste das corridas classificatórias da Fórmula 1 no GP da Inglaterra, no último mês de julho, os organizadores da categoria anunciaram que além do GP da Itália, também querem colocar em prova a nova formação do grid de largada em São Paulo, no dia 07 de novembro.

"Quando falamos sobre as corridas classificatórias, a ideia era oferecer algo diferenciado para os amantes da F1. Pretendíamos fazer três testes: um foi realizado em Silverstone, outro ocorrerá em Monza e mais um no final da temporada, provavelmente no Brasil. Ao final desses testes vamos ter um plano para ver qual será o próximo passo", destacou Stefano Domenicali - responsável pela organização da Fórmula 1.

Como funciona o sistema

A novidade como todos os amantes da categoria já puderam curtir no GP da Inglaterra, consiste na adoção de uma corrida de uma hora para definir o grid de largada para a prova do domingo. A classificação para essa prova curta é realizada nos moldes de tomadas de tempos existentes hoje em dia, realizado na sexta-feira - com os Q1, Q2 e Q3, no lugar do Treino Livre 2.

Em férias neste momento, as emoções da Fórmula 1 retornarão as pistas dentro de três semanas, com o GP da Bélgica, a ser realizado no Circuito de Spa-Francorchamps - marcado para o dia 29 de agosto.

Atualmente Lewis Hamilton lidera o campeonato de pilotos, assim como a Mercedes que lidera o campeonato de construtores. Max Verstappen e Red Bull Racing vem em segundo nestas disputas acirradas nesta temporada.