GP da Grã-Bretanha 2022: veja os favoritos

Acontece neste final de semana, o GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 2022. Assim, após o GP do Canadá, a F1 volta a ação após duas semanas para o circuito mais antigo do calendário. Então, estamos falando do Circuito de Silverstone, local da corrida deste domingo (3).

Portanto, a grande atração deste GP da Grã-Bretanha será o líder do campeonato mundial, o holandês Max Verstappen. Em suma, o atual campeão mundial lidera com folga o campeonato mundial de pilotos. Assim, ele tem 175 pontos, contra 129 do 2º colocado, Sergio Pérez. Já no campeonato de construtores, a Red Bull lidera também com folga. A saber, a escuderia austríaca tem 304 pontos contra 228 da 2ª colocada, Ferrari.

Vale também ficar de olho, além dos dois pilotos da Red Bull (Verstappen e Pérez) e Ferrari (Charles Leclerc e Carlos Sainz), no piloto da Mercedes, o britânico George Russell. Em suma, Russell (ou o Mr. Consistência, como é chamado por sua equipe) vem fazendo milagres com o carro que tem. Já que, mesmo com a queda de rendimento da Mercedes, o britânico não ficou abaixo da 5ª posição em nenhuma corrida da temporada. Portanto, George Russell poderá surpreender no GP da Grã-Bretanha.

GP da Grã-Bretanha : o que esperar da competição

Em suma, os 20 pilotos do grid da Fórmula 1 vão disputar o lugar mais alto do pódio no 2º circuito mais antigo da categoria (perdendo apenas para Mônaco). Assim, o Circuito de Silverstone, que serviu de base área para a Força Aérea Britânica durante a 2ª Guerra Mundial, é composto 100% de asfalto.

Portanto, a extensão de uma única volta do GP da Grã-Bretanha tem 5,891 km. Já sua extensão total é de 306.332 km, com um total de 52 voltas. Por fim, a volta mais rápida já registrada em corridas de Fórmula 1 em Silverstone foi em 2020, anotada por Max Verstappen. Assim, seu tempo foi de 1min 27s 097.

Por fim, um último fator que pode atrapalhar as equipes e colocar pimenta no GP da Grã-Bretanha é a chuva. Na sexta-feira (1) , é esperado um dia inteiro de chuvas. Já no sábado (2), a previsão também indica chuva. Porém, não para o dia todo. E no domingo (3), dia da corrida, a previsão é de sol entre nuvens. Ou seja, tempo completamente diferente dos dois primeiros dias de atividades.

Foto Destaque: Lars Baron/Formula 1