Com dia 12 de junho de 2021 marcado para sempre em sua vida, Christian Eriksen jamais irá esquecer essa data, que deveria ser especial, uma vez que ele fazia sua primeira partida com a camisa 10 da Dinamarca em jogos pela Eurocopa.

No entanto, quis o destino que isso mudasse antes mesmo do intervalo, onde o atacante durante a primeira etapa deste jogo sofreu uma parada cardíaca, caindo desacordado no gramado do Estádio Parker, em Copenhague, sendo reanimado ainda dentro de campo.

Três meses após esse incidente, ele volta ao seu clube – a Internazionale, porém, seu futuro segue incerto dentro das quatro linhas. O jogador dinamarquês esteve nesta última segunda-feira – 4 de outubro presente no Centro de Treinamentos da Inter, onde segundo o clube, ele se encontrou com companheiros, membros da direção e comissão técnica.

Apresentando excelente forma física e mental, o atacante causou a impressão de poder reforçar o elenco do time em busca do bicampeonato italiano, no entanto, isso não é tão simples quanto parece, uma vez que ele teve implantado em seu coração um marca-passo, também conhecido por cardioversor desfibrilador implantável, que restaura o ritmo cardíaco através de descargas elétricas constantes, evitando assim uma nova parada cardíaca.

Desta forma, o futuro de Eriksen passa primeiramente pela Federação Italiana de Futebol, que no final de julho já teria dito que o atacante não teria permissão para disputar uma partida oficial no país com tal aparelho implantado, tendo que removê-lo se quisesse voltar a jogar futebol, isso sem manifestar que o mesmo terá que comprovar que sua patologia está resolvida.

Alento a carreira de Eriksen

Por outro lado há um alento para Eriksen, e esse vem da Holanda, onde o Ajax conta com um de seus atletas jogando com algo semelhante implantado em seu corpo, só que de outra forma, menos invasivo. Aqui falamos do lateral-esquerdo Daley Blind, que possuiu um desfibrilador cardioversor implantável subcutâneo, que fora implantado no corpo do atleta após uma miocardite.

Assim sendo, aguardemos os próximos capítulos desta história que conta sobre a vida esportiva de Eriksen e ver se o mesmo poderá retornar aos gramados em breve.