Após sofre um mal súbito em campo, em jogo válido pela Eurocopa, o meio-campista Christian Eriksen - da seleção dinamarquesa e da Inter de Milão colocará um ICD em seu coração.

O aparelho em questão é uma espécie de desfibrilador e servirá para monitorar e tratar os ritmos cardíacos anormais e perigosos do atleta, conforme explicou o médico da seleção de seu país.

"Depois de Christian passar por diferentes exames de coração foi decidido que ele usará o ICD. Este dispositivo é necessário após um ataque cardíaco devido aos distúrbios de ritmo. Eriksen aceitou a solução e o plano foi recomendado por diversos especialistas nacionais e internacionais", declarou Moren Boesen.

Ainda sem saber se poderá seguir com a carreira dentro das quatro linhas, hoje é certo que Eriksen está fora da Eurocopa por conta do tratamento, podendo ele ainda retornar a Inter de Milão para o início da próxima temporada, onde deverá ser decidido o seu futuro.

Entenda o caso:

Christian Eriksen no último sábado caiu desacordado no duelo diante da Finlândia pela Eurocopa. Com a ajuda do capitão da Dinamarca que prestou os primeiros socorros ao companheiro, os médicos da seleção precisaram usar um desfibrilador para salvar o meio-campista, onde neste momento ele segue se recuperando em um hospital.

Enquanto segue sua recuperação, seus companheiros de seleção voltam a campo nesta quinta-feira, às 13h, onde encaram a Bélgica pela segunda rodada da fase de grupos; jogo esse que terá transmissão ao vivo pelo SporTV, diretamente de Parken.

A Dinamarca atualmente ocupa a lanterna do Grupo B, com zero ponto, enquanto a Bélgica é a grande líder, com três; estão ainda neste grupo, a Rússia e a Finlândia.