Neste sábado, 07 de agosto de 2021, teremos a grande decisão pelo Ouro na modalidade Futebol Masculino nas Olimpíadas de Tóquio, entre Brasil e Espanha; o duelo final será realizado em Yokohama, a partir das 8h30 (de Brasília).

O confronto entre brasileiros e espanhóis terá transmissão ao vivo tanto pela TV aberta, quanto pela TV fechada, isso sem falar nos serviços de streaming.

O Brasil chega a essa decisão defendendo o ouro olímpico, com duas vitórias e um empate na primeira fase desta edição dos jogos, fechando em primeiro lugar no Grupo D. Por sua vez, a Espanha venceu um e empatou os outros dois, chegando assim também em primeiro lugar, no Grupo C.

Na fase de mata-mata, Brasil e Espanha derrotaram Egito e México (Brasil), e Costa do Marfim e Japão (Espanha), chegando desta forma a grande decisão deste sábado.

Brasil x Espanha; Onde assistir ao vivo a final das Olimpíadas

O duelo final pela modalidade futebol masculino das Olimpíadas de Tóquio poderá ser acompanhas ao vivo pela Globo (TV aberta) e também pelo SporTV (TV fechada), a partir das 8h30 (de Brasília), diretamente do Estádio de Saitama, no Japão.

Prováveis escalações

Brasil

Buscando o bi, o Brasil conta com retrospecto favorável diante da Espanha, onde em nove jogos venceu cinco, empatou dois e perdeu outros dois. Enquanto os espanhóis apostam em Oyarzabal, os brasileiros têm em Richarlison o homem a ser marcado.

Desta forma, sem muito o que falar, a nossa seleção mais uma vez vai em busca do Ouro Olímpico, com André Jardine devendo mandar a campo o Brasil escalado com: Santos; Guilherme Arana, Diego Carlos, Nino e Daniel Alves; Bruno Guimarães e Douglas Luiz; Richarlison, Claudinho e Paulinho; Antony.

Espanha

Os espanhóis chegam a essa decisão olímpica querendo atrapalhar os brasileiros no sonho de conquistarem a segunda medalha de ouro em sequência, para isso, como já destacamos acima, contarão com Oyarzabal - como destaque.

Assim sendo, a Espanha devem vir a campo muito parecida com o jogo das semifinais, onde derrotaram o Japão, com: Unai Simon; Marc Cucurella, Pau Torres, Eric Garcia, Bryan Gil; Martin Zubimendi, Pedri e Mikel Merino; Marco Asensio, Oyarzabal e Dani.