FIM DE UMA ERA! Tite se despede da Seleção Brasileira: “Em paz comigo mesmo”

Chegou ao fim a trajetória de Tite na Seleção Brasileira. Após a eliminação para a Croácia nesta sexta-feira (9), o treinador confirmou que está deixando a equipe. Segundo ele, a decisão já estava certa e iria acontecer após o fim da Copa do Mundo, independente do resultado.

Na coletiva de imprensa, Tite revelou que a derrota foi “dolorida”, mas disse estar “em paz” consigo mesmo.

– Derrota dolorida, porém em paz comigo mesmo. Fim de ciclo. Eu já havia colocado há mais de um ano e meio, não sou um cara de duas palavras. Não estava jogando para ganhar e depois fazer drama para ficar, quem me conhece sabe – resumiu.

+ Modric consola Neymar após eliminação do Brasil

Entrevista coletiva Tite após Brasil x Croácia
Foto destaque: Reprodução / Raphael Zarko

Tite chegou em 2016, após grande sucesso no Corinthians. O mesmo, porém, não se repetiu na Seleção Brasileira. Foram duas Copas do Mundo e duas eliminações em quartas de final. Em 2018, derrota para a Bélgica por 2 x 1. Agora, quatro anos depois, fracasso nos pênaltis diante da Croácia.

– O ciclo (acabou), como eu tinha colocado anteriormente, já coloquei há mais de um ano e meio. Foi um processo. A Copa anterior (2018) foi um processo de recuperação de formação da equipe e agora teve uma sequência inteira. O desempenho vocês fazem a avaliação, está à mostra – continuou.

VEJA OS NÚMEROS DE TITE À FRENTE DA SELEÇÃO:

  • 81 jogos
  • 60 vitórias
  • 15 empates
  • 6 derrotas
  • 174 gols marcados
  • 30 gols sofridos
  • Aproveitamento: 80,2%

O único título de Tite no comando da Seleção Brasileira foi a Copa América de 2019. Em fevereiro, o treinador já havia declarado que deixaria o comando da equipe ao final da Copa do Mundo. Sua ideia é tirar um ano sabático e não voltar a trabalhar com futebol por agora.

Ao seu perguntado sobre o seu legado, o técnico disse não conseguir responder após uma derrota dolorosa.

– O tempo pode responder melhor. A dor, por mais humana, coerente, consciente que eu possa ter, a emoção está aflorada. Não tenho condição de avaliar todo o trabalho realizado. Com o passar do tempo vocês farão essa avaliação. Não tenho essa capacidade agora depois de uma eliminação.

Quem será o treinador do Brasil após a saída de Tite?

Ednaldo Rodrigues, presidente da CBF, reforçou durante o Mundial no Catar que só iria tratar do novo comandante a partir de janeiro. De acordo com ele, não há nenhuma negociação em curso.

E MAIS:

+ Van Gaal dispara contra Messi: “Joga pouco”

+ Ex-jogador Graeme Souness aponta Kevin De Bruyne como “erva daninha” no elenco da Bélgica

+ Rabiot analisa partida contra Inglaterra: “Não somos inferiores”

+ Craque da Croácia mostra lesão no rosto feita durante treinamento

+ Mbappé parabeniza Hakimi pela classificação

André Merice André Merice

Quando pequeno, sonhava em ser jogador profissional de futebol. O destino, porém, me reservou outra tarefa. E é claro, não poderia ser sobre outra coisa: é futebol, meu amigo.