FIFA libera jogadores estrangeiros que atuam na Rússia e Ucrânia

Por conta do conflito no leste europeu entre Rússia e Ucrânia, a FIFA permitirá que atletas estrangeiros que atuam nos dois países suspendam seus contratos e com isso possam atuar por outros clubes até junho deste ano.

A informação veia da Rússia, onde a mesma foi dada por Aleksandr Zotov – diretor da associação de jogadores russa.

Entre as ligas da Rússia e Ucrânia, existem atualmente 224 jogadores estrangeiros – sendo 129 na russa e 95 no futebol ucraniano. Isso falando de primeira divisão.

Zotov explica que a quebra de contrato não será permitida, assim, os jogadores estrangeiros serão liberados até junho de 2022 para atuarem em qualquer outro clube de seus interesses, como se fossem por empréstimo – mas sem custo algum.

Jogadores brasileiros na Rússia e Ucrânia

Atualmente contamos com 43 jogadores brasileiros atuando pelas duas ligas acima citadas – sendo 30 na ucraniana e 13 na russa.

Enquanto a Liga Ucraniana de Futebol paralisou o esporte na região, a Rússia segue com seu campeonato nacional normalmente, no entanto, o clima de guerra preocupa os estrangeiros.

Suspensos de competições internacionais e até mesmo da Copa do Mundo do Catar, a Federação Russa de Futebol prometeu na última semana entrar com uma apelação a Corte Arbitral do Esporte contra as sanções impostas pela FIFA e UEFA, onde essa alegará não ter tido o direito de defesa e que se quer as duas entidades do futebol cogitaram alternativas para lidar com as equipes do país.

Aguardemos pelos próximos capítulos do esporte vindos desta região do planeta, onde lembramos que a FIA também cancelou o GP de Sochi de F1 em 2022, na última semana.

Por Müller

A paixão pelo futebol foi um dos principais motivos da criação do Minha Torcida. O site reúne informações, curiosidades e muito conteúdo exclusivo para você que é amante do esportes [...]