FIFA proíbe a Rússia de usar o hino e a bandeira em jogos oficiais

Em represália aos ataques russos contra a Ucrânia, a FIFA comunicou neste último domingo – 27 de fevereiro uma série de sanções a Seleção da Rússia.

Neste comunicado, a entidade máxima do futebol mundial determina o seguinte:

  • Partidas “em casa” deve ser disputadas em território neutro e sem torcedores;
  • A associação membro que representa a Rússia só deve participar de competições com o nome de “União de Futebol da Rússia”;
  • Não poderá ser entoado o hino da Rússia e nenhuma bandeira poderá ser apresentada ou hasteada em partidas que a equipe da União de Futebol da Rússia participar.

Aprovação das sanções por unanimidade

Salientamos que tais exigências da FIFA foram aprovadas por unanimidade pelo presidente da entidade e das seis confederações que participam do conselho desta.

Ainda em nota, a entidade em questão pediu que se restaure a paz e o início do diálogo construtivo com urgência;

“A FIFA pede novamente a restauração urgente da paz e o início imediato do diálogo construtivo. A FIFA permanece em contato próximo com a Associação Ucraniana de Futebol e com membros da comunidade ucraniana de futebol que pedem apoio para deixar o país enquanto o conflito atual persistir”.

Lembramos que os ataques russos ao território ucraniano se iniciaram na última quinta-feira – 24 de fevereiro e até aqui persistem sem nenhum diálogo de paz, diálogo esse que já fora tentado, mas por hora não saiu do “papel”.

Vários civis foram mortos nestes ataques, onde o mundo inteiro recrimina a Rússia que busca por algo até aqui não tão bem explicado a nação mundial.

Por Müller
A paixão pelo futebol foi um dos principais motivos da criação do Minha Torcida. O site reúne informações, curiosidades e muito conteúdo exclusivo para você que é amante do esportes [...]