Com título inédito conquistado por Marcelo Gallardo, na última sexta-feira, o atual comandante técnico do River Plate pode ter ajudado o clube a conquistar a última taça sob seu comando, mesmo tendo quem acredite que possa renovar seu vínculo por mais algum tempo.

Em entrevista logo após a partida da última semana, Gallardo em tom de possível despedida declarou que está repensando a carreira, já que seu contrato com os Millonários se encerra ao final do ano e ainda não buscou um acordo para renová-lo.

"Essa será a primeira vez que meu vínculo irá acabar. Tenho dado tudo a este clube até hoje. É a primeira vez; um momento de ansiedade e de análise, porque exige muito esforço. Acho que mereço a possibilidade de me repensar porque é preciso muita energia para continuar. Agora vou analisar; repensar", declarou o profissional a "ESPN".

Galhardo foi o grande pilar para a reconstrução do River Plate após o rebaixamento a Série B.

Sob seu comando, o time argentino foi o adversário a ser batido na América por vários anos, onde as últimas conquistas foram duas Libertadores, sendo que uma delas foi justamente sobre seu maior rival - o Boca Juniors.

Ao todo foram 13 títulos conquistados pelo River Plate sob o comando de Marcelo Gallardo; o último pode ter sido justamente o da Liga Nacional, na sexta-feira passada.

Escolha mais difícil de sua vida

Para finalizar, Galhardo nesta mesma entrevista garantiu não ter ainda tomado nenhuma decisão, até porque a mesma deverá ser a mais difícil e complicada de sua vida.

"Além da reflexão que se pode fazer, qualquer que seja a decisão, será muito difícil de tomar. Não sei se será a mais complicada, desportivamente falando. Passamos por muitas coisas... Mas pessoalmente, sim, pode ser a mais difícil da minha vida".

Marcelo Gallardo é atualmente um dos candidatos a assumir o comando técnico da Seleção do Uruguai, uma vez que essa está com o cargo vago desde a demissão de Óscar Tabárez depois de 15 anos.