Depois das últimas apresentações desanimadoras do Inter no Brasileirão - Série A, a direção praticamente se obrigou a ir ao mercado em busca de reforços para a temporada 2022; com ou sem Libertadores.

A única incerteza quanto à disputa de uma vaga a Libertadores impede a direção de encaminhar possíveis renovações de contrato com o atual elenco; deixando essa questão para após o término da Série A.

Entre as posições que possivelmente não precisará de reforço, é para o gol, onde o Colorado parece já ter definido um titular, embora com o retorno de Keiller que estava emprestado a Chapecoense, esse poderá colocar um tempero a mais na disputa pela camisa 1 do Inter, mas por hora o dono desta é Daniel.

Posições carentes do Inter

Lateral

Pelas laterais, Saravia não permanecerá no Beira-Rio, retornando de empréstimo junto ao Porto - de Portugal; na esquerda se Moisés não for comprado junto ao Bahia, fará com que a direção também tenha que buscar um novo reforço para esse lado de campo.

Zaga

Na defesa mais propriamente dito, o Colorado conta com Rodrigo Moledo, Bruno Méndez, Kaique Rocha e Victor Cuesta - esse último podendo ser negociado na próxima janela de transferências, onde parte do valor adquirido em uma venda futura, deve ser utilizado para adquirir os direitos econômicos de Méndez junto ao Corinthians - lembrando que o zagueiro uruguaio está emprestado ao Inter até junho de 2022, e o restante na busca de outro nome (quem sabe).

Meio-Campo

Já pelo setor produtivo do time, independente da permanência ou não de Rodrigo Lindoso em 2022, a direção ainda assim deve ir ao mercado neste setor, principalmente para ser titular da equipe ao lado de Taison.

Ataque

No ataque é que talvez o Inter deva gastar mais dinheiro, uma vez que conta tão somente com Yuri Alberto e Matheus Cadorini como opções ao treinador Diego Aguirre (que também não sabe se ficará em 2022). Isso sem falar na possibilidade de Yuri ainda ser negociado na próxima abertura do mercado da bola, o que aumentará ainda mais a missão da direção em reforçar o setor.

Assim, se formos pegar todas as posições dentro de campo, o Colorado necessitará de pelos menos uns cinco a seis bons reforços para a próxima temporada se quiser conquistar títulos; aguardemos!