O que ocorre com a dupla GreNal neste início de Brasileirão? O Internacional em 2021 está irreconhecível, iniciando a competição nacional pior do que no ano em que fora rebaixado, onde na oitava rodada daquele ano (2016), liderava a competição.

Hoje com o mesmo número de jogos, ocupa a 14ª colocação, mas não pense você que somente o Inter que está mal, pois o seu maior rival - o Grêmio consegue ser pior ainda, estando o Tricolor na última colocação, com apenas dois pontos conquistados em 18 já disputados.

Em 2004, ano de sua segunda queda a Série B, o Grêmio chegou à oitava rodada com uma situação um tanto quanto melhor, pois na época ocupava a 14ª colocação; aqui a seu favor, conta apenas com seis jogos.

Desde a criação do Brasileirão por pontos corridos, o Grêmio jamais esteve na última colocação após a oitava rodada, onde para agravar a situação deste ano, nos outros campeonatos até aqui o Tricolor jamais havia figurado entre os times que estariam rebaixados, ou seja, da 17ª a 20ª colocação.

Por sua vez, o Colorado, em 2007, esteve em situação pior na tabela, onde com oito jogos ocupava a 16ª posição, enquanto o Grêmio era o 14º.

Em média da classificação de ambas as equipes, o ano de 2021 tem se mostrado como a mais comprometedora para a dupla GreNal, pelo menos até aqui.

Próximos compromissos de Grêmio e Inter

Na próxima rodada do Brasileirão 2021 o Grêmio encara o Atlético-GO, na Arena, no domingo, às 20h30; antes disso, no sábado, o Internacional terá um desafio ainda maior, uma vez que terá como adversário o Corinthians, fora de casa - esse jogo está marcado para as 21h, na Neo Química Arena.

Grêmio e Internacional se encaram no turno já neste mês, no dia 10, na Arena do Grêmio, às 16h30 - jogo que será fundamental para as ambições das duas equipes.