Pela Série B 2021, o duelo entre Náutico e Vasco pela 31ª rodada está ameaçado de ser realizado.

Marcado para ocorrer neste próximo domingo - 24 de outubro, nos Aflitos, a partir das 16h (de Brasília), o presidente da Federação Pernambucana de Futebol colocou o duelo em risco de realização, caso o Governo Estadual não garantisse a presença de policias dentro do estádio.

Segundo Evandro Carvalho, a decisão vem de encontro com a Confederação Brasileira de Futebol, que através de uma nota oficial emitida nesta última quinta-feira (21), também ameaçou tirar os jogos a serem realizados pela FPF, caso o governo local não garantisse a segurança nos estádios.

Decisão da CBF

A decisão aqui tomada pela entidade máxima do futebol passou a valer a partir do momento que houve invasão de campo generalizada pela torcida do Santa Cruz, na última terça-feira, após a eliminação do clube na fase classificatória da Copa do Nordeste, na Arena Pernambuco.

Garantia de policiais nas arenas

Ainda no dia de ontem, o Secretário de Defesa Social de Pernambuco - Humberto Freire de Barros enviou um oficio a CBF garantindo a presença de policiais militares nos estádios, no entanto, observou que de acordo com o Art. 14 do Estatuto do Torcedor, a segurança dos eventos é de responsabilidade "da entidade da pratica desportiva detentora do mando de campo e de seus dirigentes" e que a primeira ação em caso de invasão fica a cargo de seguranças privados e só depois, se caso haja necessidade, passa a responsabilidade para a segurança pública.