Com a chegada do novo comandante técnico no Internacional, um personagem que estava entregue ao ostracismo, sendo inclusive colocado como peça de troca numa possível chegada de reforços ao Beira-Rio ou até mesmo para venda, parece que voltará ao protagonismo sob o comando de Mano Menezes.

Estamos aqui nos referindo ao volante Rodrigo Dourado, cujo atleta conta com admiração por parte de seu novo treinador, que o vê com capacidade de ajudar a equipe no restante da temporada.

Assim, para atingir seus objetivos, Mano Menezes pede aos torcedores do Inter que enxerguem Dourado mais uma vez como há algum tempo atrás, quando esse arrebentava com a camisa do Inter, passando assim a ele todo o carinho das arquibancadas.

A bom tempo já vindo sendo criticado por parte dos torcedores, o ex-capitão colorado é um dos jogadores que esses pediam para deixar o Beira-Rio, bem como Patrick e Víctor Cuesta, que já deixaram o clube - esse último por empréstimo até o final da temporada junto ao Botafogo, do Rio de Janeiro.

Em meio a crise que o Inter viveu nos últimos tempos sob os comandos de treinadores estrangeiros, como Miguel Ángel Ramírez, Diego Aguirre e por último Alexander Medina, o camisa 13 passou a ser um dos jogadores mais cobrados e vaiados pelos torcedores do Inter.

No entanto, com a chegada do novo treinador ao Beira-Rio, a pouco mais de uma semana, mesmo sabedor da resistência que Rodrigo Dourado enfrenta no clube, Mano não quis saber e logo de cara deixou claro sua admiração ao volante de 27 anos e hoje aposta muito em sua competência dentro de campo, voltando assim a escalar o jogador, que com Medina entrou em apenas uma partida das últimas oito comandadas pelo técnico uruguaio.

Mesmo ainda não tendo recuperado o posto de titular, o camisa 13 do Inter entrou em campo durante as vitórias sob o Fluminense - pelo Brasileirão e diante do Independiente Medellín - pela Sul-Americana.

Lembrando que a última partida que Rodrigo Dourado iniciou como titular fora no dia 20 de fevereiro, na derrota por 3 a 0 para o São José, pelo Gauchão 2022.

Assim, Mano Menezes que quer recolocar Rodrigo Dourado na vitrine do futebol colorado, declarou o seguinte sobre o atleta:

"Cheguei ao Beira-Rio não somente pra recolocar o time nos trilhos, mas também para recuperar alguns jogadores. Entendo que uma derrota dura, quase inexplicável, tende a apontar e criar culpados. Abrem-se feridas que demoram a fechar. Se eu estivesse em qualquer outro clube do Brasil e me oferecessem o Dourado, eu faria questão de tê-lo", declarou Mano, que seguiu falando sobre o camisa 13:

"Não há razão para não aproveitarmos e tirar o melhor dele. Peço compreensão aos torcedores. Momento em que os jogadores crescerão novamente e temos que tirar proveito desta qualidade. Mudou o astral. As coisas começaram a acontecer. Juntos, seremos mais fortes para estender o momento", finalizou o treinador.

Com vínculo até o final do ano, Rodrigo Dourado já estará livre para assinar com qualquer clube de seu interesse a partir do dia 1º de julho; isso claro se ele e o Inter não chegaram a um denominador comum com o jogador até lá.

Rodrigo Dourado pelo Internacional

Jogador do time principal desde 2012, o camisa 13 é atualmente é o atleta dentro do grupo que mais defendeu as cores do Inter, com 302 partidas, sendo que dessas, marcou 17 gols. O mesmo foi campeão gaúcho com o Colorado nos anos de 2014, 2015 e 2016.